11389 3274 27.11.2012 21.03.23_11389_3274_30.05.2012 16.37.46_concordã¢ncia ii[1]

Click here to load reader

Post on 10-Jul-2015

247 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Portugus - Aula 01Concordncia VerbalConceito Concordncia VerbalConcordncia a adaptao formal entre sintagmas ou entre partes de um sintagma. No caso da concordncia verbal, essa relao normalmente estabelecida entre o ncleo do sujeito e o verbo de uma mesma orao.

  • Leia o texto abaixo.

    (http://desenhistasfracassados.weblogger.terra.com.br/img/175)

  • Voc conseguiu notar algum desvio em relao concordncia verbal?

    No ltimo balozinho, h uma construo inadequada para os padres de concordncia da gramtica normativa.

    E ento? J identificou a construo?

  • Trata-se do verbo haver, pluralizado inadequadamente para a acepo no qual est empregado.

    Em sentido existencial, tal verbo deve permanecer na terceira pessoa do singular. Isso ocorre porque, nessa acepo, o verbo haver impessoal, ou seja, no apresenta sujeito.

    Assim, o correto, de acordo com a norma culta, seria: (...) NEM HAVIA ESCOLAS!

  • Tipos de Concordncia A concordncia uma das mais complexas reas do estudo da linguagem, em que nem sempre fcil estabelecer critrios rgidos e uniformes de correo. Talvez seja este o campo da sintaxe mais permevel a influncias da expressividade do sentimento e do qual, por isso mesmo, a gramtica normativa no conseguiu eliminar as variaes e a liberdade de escolha No entanto, a gramtica tem procurado padronizar o sistema de concordncia do Portugus, sem desconsiderar a existncia de outras possibilidades lingsticas.

  • Considerando o que se explicou, podem-se estabelecer trs tipos de concordncias:

    1 - A concordncia lgica ou gramatical, que a mais geral no portugus e consiste em adaptar o determinante ou subordinante forma gramatical do determinado, ou seja, o verbo ao ncleo (ou ncleos) do sujeito.

    O povo deixou a praa.

    Povo substantivo coletivo / idia de plural, mas forma singular / verbo na terceira pessoa do singular

  • 2 - A concordncia atrativa, que consiste na adaptao do determinante ou subordinante ao termo mais prximo.

    A maioria dos alunos saram.

    A maioria substantivo singular / seguido de determinante plural: alunos / verbo na terceira pessoa do plural concordando com o termo mais prximo.

  • 3 - A concordncia ideolgica, tambm chamada de SILEPSE, segundo a qual se adapta o vocbulo subordinante ou determinante NO frmula do vocbulo determinado ou subordinado, mas ao seu SENTIDO:

    O povo, vendo sua figura magnfica, comearam a aplaudi-lo.

    A SILEPSE, que pode ser de gnero, nmero ou pessoa, era muito comum no Portugus antigo, mas, na lngua atual, tende a ser usada com maiores restries. Observe que, no exemplo dado, o verbo est no plural, concordando com a idia plural do vocbulo povo.

  • Regra geral de concordncia verbal O verbo concorda em nmero e pessoa com o seu sujeito.

    H, entretanto, uma srie de regras e excees relativas a casos de concordncia verbal, que devem ser examinadas uma a uma.

  • CASOS ESPECIAIS DE CONCORDNCIA VERBAL Com o Sujeito Simples

    01. Sujeito formado por coletivo.

    Sujeito Verbo Coletivo no singular Singular Uma coleo nova chegou livraria.

    Obs.: Quando o coletivo for acompanhado de um determinante no plural, o verbo pode ficar no singular ou no plural.

    Um exame de abelhas atacou (ou atacaram) o rapaz.

  • 02. Sujeito formado por expresso partitiva (a maioria de, a maior parte de, grande parte de).

    Sujeito: Expresso partitiva + determinante plural Verbo: Singular ou plural A maioria dos eleitores no compareceu. A maioria dos eleitores no compareceram.

  • 03. Sujeito formado por expresso de quantidade aproximada (perto de, cerca de, mais de...).

    Sujeito: Expresso de quantidade aproximada Verbo: Concorda com o numeral

    Cerca de dez carros foram vendidos. Mais de um jogador foi expulso.

    Obs.: A expresso mais de um vir acompanhada de um verbo plural sempre que houver, na frase, idia de reciprocidade. Mais de um aluno se cumprimentaram.

  • 04. Sujeito formado por nmero percentual ou nmero fracionrio.

    Sujeito: Numeral percentual ou fracionrio + substantivo Verbo: Concorda com o numeral

    20% dos operrios so acidentados diariamente 1/3 dos operrios no fica na obra.

    Obs.: A tendncia atual, porm, concordar o verbo com a expresso que acompanha o numeral. 40% da populao no vota.

  • 05. Sujeito formado pela expresso um dos que.

    Sujeito: Expresso um dos que, seguida ou no de substantivo Verbo: Singular ou plural

    Ele foi um dos alunos que mais faltou / faltaram. Ela foi uma das que mais protestou / protestaram.

  • 06. Sujeito formado por nomes prprios que s existem no plural.

    Sujeito VerboNome prprio plural, sem artigo Singular Canudos no se rendeu.

    Sujeito VerboNome prprio plural, com artigo Plural

    Os Estados Unidos venceram a partida.

  • 07. Sujeito formado por pronome indefinido ou interrogativo no plural, seguido de pronome pessoal (quais de ns, alguns de vs, muitos de ns ...)

    Sujeito: Pronome interrogativo ou indefinido no plural + pronome pessoalVerbo: Concorda com o pronome indefinido no plural ou com o pronome pessoal

    Quais de ns tero chances? Quais de ns teremos chances?

    Obs.: Se o pronome interrogativo ou indefinido estiver no singular, o verbo somente poder ficar na 3 pessoa do singular.

  • 08. Sujeito formado pelas expresses nenhum dos/ das/ de ou cada um dos/ das/ de.

    Sujeito VerboNenhum... Cada um... Singular Nenhum dos aprovados compareceu cerimnia.Cada um dos aprovados recebeu um prmio.

  • 09. O sujeito pronome relativo que ou quem.

    Sujeito VerboPronome relativo que S concorda com o antecedente do que

    Sou eu que pago a despesa.

    Sujeito: Pronome relativo quem Verbo: Concorda com o antecedente do quem ou fica na 3 pessoa do singular, concordando com o prprio quem.

    Sou eu quem dou as cartas. Sou eu quem d as cartas.

  • Com o Sujeito Composto

    01. O Sujeito Posposto ao Verbo.

    Sujeito: Tem mais de um ncleo

    Verbo: Vai para o plural ou concorda com o ncleo mais prximo

    Vieram a tia e o namorado. Veio a tia e o namorado.

  • 02. Os componentes do sujeito esto ligados pela conjuno ou.

    Sujeito: 1 elemento + ou + 2 elemento Verbo: Fica no singular se a conjuno indicar excluso. Vai para o plural se a conjuno indicar que o verbo se refere aos dois elementos.

    Pedro ou Joo ocupar a presidncia. Cinema ou teatro eram as opes de lazer.

  • 03. Os componentes do sujeito so ligados por com.Sujeito Verbo1 elemento + com + 2 elemento Plural

    O ministro com a esposa chegaram cerimnia.

    Obs.: O verbo pode ficar no singular quando se deseja enfatizar o primeiro elemento.

    O ministro, com sua bonita esposa, chegou cerimnia.

  • Com Verbos Impessoais01. Verbo HAVER em sentido existencial.

    Sujeito: Inexistente Verbo: O verbo fica sempre na terceira pessoa do singular. Na reunio de pais, havia mais mes.

  • 02. Verbo HAVER e FAZER conotando tempo decorrido.

    Sujeito: InexistenteVerbo: O verbo fica sempre na terceira pessoa do singular. Faz alguns anos que no nos falamos. Havia duas semana desde o ocorrido.

  • 03. Verbos indicando fenmenos naturais.

    Sujeito: InexistenteVerbo: O verbo fica sempre na terceira pessoa do singular. Choveu muito em vrias cidades brasileiras.

  • 04. Verbo SER indicando hora, data e distncia. Sujeito: InexistenteVerbo: O verbo concorda com o numeral que o acompanha.

    So duas horas.Daqui sua casa, so seis quilmetros.Hoje, so trs de maro.