a verdade sobre gerenciar pessoas cy

Download A Verdade Sobre Gerenciar Pessoas   Cy

Post on 03-Jul-2015

1.842 views

Category:

Travel

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. A Verdade Sobre Gerenciar Pessoas ...e nada mais que a verdade STEPHEN P. ROBBINS

2. 3. A maioria das Pessoas Resiste a Qualquer Mudana que no as Beneficie 4. ASPECTO POSITIVO DA RESISTNCIA

  • EVITA COMPORTAMENTOS COM CARACTERSTICAS CATICAS,POIS TUDO PODE SER MAIS OU MENOS ESTVEL OU PREVISVEL

5. ASPECTO NEGATIVO DA RESISTNCIA

  • Dificulta a adaptao e o progresso;

6. TIPOS DE RESISTNCIA

  • A resistncia pode ser aberta e imediata, ou seja,quando as pessoas se expressam verbalmente e demonstram que no esto satisfeitas ex: greves,operaes tartaruga etc.
  • A resistncia implcita ou diferida,difcil de reconhecer cognitiva,causa impactos danosos ou perda da motivao.

7. RESISTNCIA MUDANAS

  • ARESISTNCIA MUDANA PODE PARTIR DO INDIVDUO OU DA ORGANIZACO.

8. RESISTNCIA PARTIR DO INDIVDUO

  • Provm de hbitos(pois precisamos de fatos previsveis);
  • Necessidade de nos sentirmos seguros;
  • Medos econmicos(so tarefas compatveis com aremunerao,temos medo de no sermos capazes de realizar );
  • Medo do desconhecido que natural do ser humano;

9. RESISTNCIA PARTIR DA ORGANIZAO

  • de natureza conservadora;
  • Possuem mecanismos internos para produzir estabilidade,pois, determinam um processo de seleo ,onde os candidatos que se encaixam no perfil da organizao e se adaptam ao seu quadro administrativo;

10.

  • Funes, regras e procedimentos( estabilidade);

11. O QUE ISSO SIGNIFICA PARA O GERENTE?

  • 1) Iniciar a mudana uma parte importante do seu trabalho;
  • 2) Esperar que a mudana aparea de vrias formas;
  • 3) Preparar-se para minimizar a resistncia;

12. PARA MINIMIZAR A RESISTNCIA

  • necessrio promover a aceitao da mudana,por meio de explicaes sobre a necessidade de mudar e indicar os envolvidos nas participaes sobre as decises nesse processo.

13. IDADE COMO FATOR DE RESISTNCIA

  • Discriminao de idade,como um esteritipo de que trabalhadores com mais idade tm dificuldades de adaptao a novos mtodos e tcnicas principalmente em termos de habilidades de tecnologia da informao.

14. FATORES INDIVIDUAIS INDEPENDENTE DE IDADE

  • Motivao e personalidade;
  • Comprometimento;
  • Menos propensos a pedir demisso;

15. FATORES SOB INTERFERNCIA DA IDADE

  • Trabalhos manuais pesados;

16. TENDNCIAS SOBRE A IDADE

  • Estamos entrando em um perodo de reduo de mo-de-obra;
  • Significa que os mais velhos tm aptides e necessitam prolongar a atividade trabalhista alm da idade tradicional;
  • Isso representa candidatos habilitados,motivados e com responsabilidade.

17. PARTICIPAO FORA PODEROSA PARA COMBATER A RESISTNCIA S MUDANAS 18. DIFCIL HAVER RESISTNCIA QUANDO SE PARTICIPA DO PROCESSOINCLUSIVE COLABORANDO COM AS DECISES 19. CONDIES ADEQUADAS PARA UTILIZAR A PARTICIPAO

  • a) Tempo apropriado para participar ;
  • b) Participao apenas em questes do interesse dos funcionrios;
  • c)Aptides como, inteligncia conhecimentos tcnicos e habilidade de comunicao.

20. Essa condies resultam em reduzir a resistncia,conseguir comprometimento e aumentar a qualidade de deciso de mudana. 21. PARA ENVOLVER FUNCIONRIOS EM DECISES

  • Identificar e recompensar os funcionrios que oferecem idias relativas a mudanas;
  • Crculos de qualidade , Propor programas de sugestes, ex: recompensar fornecer oportunidades a grupos em rea de responsabilidade que exija uma equipe para discusso de problemas,investigao de causas e propostas de solues;
  • Muitas empresas j adotam a incorporao de representantes de funcionrios como parte da diretoria.

22. AS DEMISSES SO TO PERVERSAS PARA OS SOBREVIVENTES QUANTO PARA OS DEMITIDOS

  • H evidncia de que causam sentimentos de ansiedade, frustrao e sentimento de perda, sofrem da sndrome do sobrevivente com sintomas de insegurana no trabalho,percepo da injustia,depresso,estresse devido a maior carga de trabalho,medo de mudanas,perda de fidelidade e comprometimento,reduo no perfil de riscos e na motivao,no fazem nada alm do exigido.

23.

  • Quebrar a corrente de dependncia organizacional,ajudando a recuperar a auto-estima,prevendo a sndrome,estimulando as pessoas a buscar uma carreira auto-dirigida;criar aptides,no ficar preso a organizao,criar responsabilidade de independncia;
  • Remodelar sistemas de organizao para diminuir os processos que criam dependncia,extinguir planos de carreira.

24. QUAL O PAPEL DA GERNCIA NESSE CASO? SO SUGERIDOS QUATRO PASSOS 25.

  • 1)Acertar o processo fornecendo informaes;conceder aviso prvio adequado,explicar o porqu dessa deciso abertamente e em termos justos e at permitindo,dependendo do caso a participao dos funcionrios;
  • 2)Organizar grupos para expressar a sua tristeza e lidar com sentimentos e emoes reprimidas;

26.

  • 3) Quebrara corrente de dependncia organizacional, ajudando a recuperar a auto-estima, prevenindo a sndrome, estimulando as pessoas a buscar uma carreira auto-dirigida, criar aptides,criar capacidade de independncia;
  • 4) Remodelar sistemas de organizao para diminuir os processos que criam dependncia,no enfatizar uma cultura de funcionrios desejados com planos de carreira.

27. FRASE PARA REFLEXO

  • Se voc se sente como um nada, pior do que uma pano de cho, lembre-se de que um dia voc foi o espermatozide mais esperto da turma.

28.