aula 4.1 biomecânica ocupacional

Download Aula 4.1   biomecânica ocupacional

Post on 11-Jul-2015

14.298 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Biomecnica OcupacionalProfessor: Daniel MouraDisciplina: ErgonomiaCurso: Graduao em Engenharia de Produo

  • Biomecnica ocupacionalEstuda as interaes entre o trabalho e o homem, do ponto de vista msculo-esqueltico, e suas consequncias;

    Analisa basicamente:Posturas no trabalho;Aplicao de foras.

    ERGONOMIA

  • ImportnciaReduo do esforo fsico necessrio;

    Diminuio da fadiga excessiva.

  • Tipos de trabalhoTrabalho esttico: aquele que exige contrao contnua de alguns msculos, para manter uma determinada posio. Ex.: Trabalho em p;estado de contrao prolongado;manuteno de postura.

    Trabalho dinmico: aquele que permite contraes e relaxamentos alternados dos msculos. Ex.: Martelar, caminhar, serrar.alternncia entre contrao e relaxamento.

  • Dores muscularescontrao >15% da capacidade mxima:trabalho e repouso;persistncia: fora normal;metablitos;manuseio de cargas;alongamentos excessivos e inflamao do msculo, tendes e articulaes;fora;posturas;repeties de movimentos;Ergonomia

  • Traumas musculares

    esforos repetitivos: afastamentos;

    Ergonomia

  • Fadigareduo reversvel da capacidade do organismo;degradao qualitativa do trabalho: intensidade e durao do trabalho;monotonia;falta de motivao;fatores ambientais e organizacionais;

    Ergonomia

  • ConseqnciasERGONOMIAfatores fisiolgicos: fora;velocidade; preciso dos movimentos; dos erros; do tempo de resposta;fatores psicolgicos:disperso;cansao geral; irritabilidade;desinteresse;sensibilidade a certos estmulos;Ergonomia

  • Sugestes de medidas preventivas contra o trabalho esttico: Alternncia de postura; Melhoramento da posio de peas e ferramentas;Apoios para as partes do corpo que esto sujeitas ao trabalho esttico;Pausas durante a jornada de trabalho.

  • Biomecnica ocupacionalpostura ideal:envolve a quantidade de esforo e sobrecarga;uso do corpo com eficincia;cada atividade postura ideal;posturas bsicas do corpo:posio deitada;

    posio sentada;

    posio de p;Ergonomia

  • Projetos inadequados de postos de trabalho Quadro 1 - Localizao das dores no corpo, provocadas pelas posturas inadequadas.Fonte: Adaptado de IIDA, 1993, p.85

    POSTURARISCO DE DORESEm pPs e pernas (varizes)Sentado sem encostoMsculos extensores do troncoAssento muito altoParte inferior das pernas, joelho e psAssento muito baixoDorso e pescooBraos esticadosOmbros e braosPegas inadequadas em ferramentasAntebraos

  • Do ponto de vista ortopdico e fisiolgico, altamente recomendvel um local de trabalho que alterne o trabalho sentado com uma postura de p, j que os grupos de msculos utilizados nessas posturas no so os mesmos.

  • Caractersticas dos movimentos:Preciso: realizados com as pontas dos dedos;Ritmo: movimento suaves, curvos e rtmicos;Movimentos Retos: difceis e imprecisos;Terminaes: posicionamentos precisos, com acompanhamento visual, so difceis e demorados. Devem ser terminados com um posicionamento mecnico, como um boto.

  • Aplicao de ForasAs foras humanas so resultantes de contraes musculares;adaptadas s capacidades do operador nas condies operacionais;medida na posio exata de instalao;postura corporal do trabalhador;tipo de deslocamento efetuado;resistncia da alavanca;

    trabalhadores experientes gasto energtico;ex.: implantao de uma alavanca;Ergonomia

  • Aplicao de forasFatores que influenciam:fora para empurrar e puxar

    alcance vertical

    alcance horizontalbraos: pouca resistncia em manter cargas estticas;tempo no deve ser > 1 a 2 min;Ergonomia

  • Levantamento de cargaClassificao:levantamento espordico de cargas:capacidade muscular do trabalhador;levantamento repetitivo:durao do trabalho;capacidade energtica e fsica do trabalhador;partes do corpo mais comprometidas:coluna e joelhos;Ergonomia

    Fora para movimentos no repetitivos (Kgf)MULHERESHOMENS95%50%5%95% 50%5%Fora das pernas1539783995150Fora dos braos72036203860Fora do dorso1024582150105

  • Ergonomia

  • Recomendaes para transporte e manuseio de cargas.Fonte: IIDA, 1993

  • Toda a carga sobre a coluna vertebral deve ser colocada na direo do seu eixo (vertical), para se evitar componentes de foras perpendiculares ao mesmo.Fonte: IIDA, 1993

  • Pausas no trabalhomanuteno da qualidade da produo;

    tipos de pausa:voluntrias;mascaradas;necessrias ao trabalho;obrigatrias ao trabalho;Ergonomia

  • PausasRendimento;introduo de pausa intensidade;adia o surgimento da fadiga e a produtividade;Trabalho pesado:pausas obrigatrias...cuidado com pausas voluntrias!Trabalho de carga mdia:uma em cada um dos turnos;

    Ergonomia

    AlimentaoContato socialPreveno de fadiga

  • PausasTrabalhos ritmados:3 a 5 min/h: fadiga;potencial de ateno;Aprendizado:pausas freqentes;dosadas conforme dificuldade;Ergonomia

  • Mtodos de avaliaoSpreadsheets/softwares:

    RULA (Rapid Upper Limb Assessment): mtodo de anlise para avaliar a exposio de indivduos a posturas, foras e atividades musculares que podem contribuir para o surgimento de desconfortos fsicos;

    REBA (Rapid Entire Body Assessment): mtodo de avaliao de posturas;ERGONOMIA

  • OWAS: tem o objetivo de analisar posturas de trabalho;

    Equao de NIOSH: permite calcular os limites para o levantamento de cargas.

    Condies para aplicao Elevao feita com suavidade, isto , sem movimentos bruscos Condies trmicas e visuais favorveis Boas condies mecnicas - piso plano e sem obstrues oferecendo boa aderncia ao calado

  • No deve-se aplicar NIOSH:em tarefas de elevao de objetos com uma s mo, na posio de sentado ou agachado, ou ainda elevaes em espaos confinados que obriguem a posturas desfavorveisno contempla a elevao de pessoas, de objetos muito quentes ou frios, sujos ou contaminadosNo inclui circunstncias imprevistasSe o ambiente fsico for desfavorvel (temperatura ou umidade relativa inferiores aos intervalos 19 a 26C ou 35% a 50% )No esto includas tarefas que impliquem elevaes rpidas de objetos (>15 elev./min)

    ErgonomiaErgonomia