fonoaudiologia e educação

Download Fonoaudiologia e educação

Post on 06-Jun-2015

2.204 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. FONOAUDIOLOGIA E EDUCAO: uma atuao conjunta para desmistificar os rtulosFga. Ma. Viviane Medeiros Pasqualeto

2. Essa criana no aprende 3. hiperativa 4. Preguiosa 5. Muito envergonhada 6. Triste 7. Irritada 8. Problemtica 9. Lenta 10. No tem interesse 11. A famlia no ajuda... A famlia desestruturada... Estranha... 12. RTULOSPR-CONCEITOS PR-JULGAMENTOS 13. Vamos desmistificar?? 14. O que h por trs do RTULO? 15. Achados fonoaudiolgicos por trs dos rtulos 16. Achados fonoaudiolgicos por trs do rtulo Criana irritada Criana agitada Criana desatenta 17. Mudanas fsicas Perda auditiva 18. Distrbio do Processamento Auditivo 19. Achados fonoaudiolgicos por trs do rtulo Criana desatenta Criana lenta Criana desinteressada Criana preguiosa 20. Sndrome do Respirador Oral 21. Sndrome do Respirador Oral 22. Sndrome do Respirador Oral 23. Sndrome do Respirador Oral 24. Achados fonoaudiolgicos por trs do rtulo Criana problemtica Criana tmida Criana triste 25. Desvio FonolgicoDificuldades no domnio do padro fonmico da lngua, na ausncia de anormalidades anatmicas e neurofisiolgicas Os desvios fonolgicos referem-se s desordens na organizao e classificao dos sons da fala, excluindo a presena identificvel de qualquer patologia orgnica que afete o sistema de produo de fala Aquisio fonolgica no atingida como o esperado(Stoel-Gammon e Dunn, 1985; Yavas, 1990; Zorzi, 1998; Lamprecht, 1999; Wertzner, 2004) 26. Desvio FonolgicoDificuldades no domnio do padro fonmico da lngua, na ausncia de anormalidades anatmicas e neurofisiolgicas Os desvios fonolgicos referem-se s desordens na organizao e classificao dos sons da fala, excluindo a presena identificvel de qualquer patologia orgnica que afete o sistema de produo de fala Aquisio fonolgica no atingida como o esperado(Stoel-Gammon e Dunn, 1985; Yavas, 1990; Zorzi, 1998; Lamprecht, 1999; Wertzner, 2004) 27. Achados fonoaudiolgicos por trs do rtulo No consegue aprender 28. Conscincia fonolgica Para ler eficazmente a criana precisa prestar ateno a todas as letras de uma palavra, a fim de conect-las aos sons que ouve quando esta pronunciada, e assim, decodific-la. Correspondncia grafema-fonema 29. Quando encaminhar ao fonoaudilogo? 30. Disfluncia Disfonia Sndrome do Respirador Oral Dificuldades na Conscincia Fonolgica Dificuldades de aprendizagem Desvios de Fala Alterao no Processamento Auditivo ... 31. Dvidas...O que fazer? Como ajudar? O que esperar da fonoterapia? 32. Disfluncias ... 1.Prestar mais ateno ao contedo do que a forma, enquanto a ca fala 2. Ajudar a criana a falar mais suavemente 3. Parar um segundo ou mais antes de responder 4. Reservar um tempo para dar ateno criana 5. Fornecer ca um modelo apropriado de fala 6. Favorecer a expresso verbal dos sentimentos 7. Promover ambiente familiar de conversao no competitivo 8. Lembrar ca que as disfluncias so naturais a qualquer pessoa 9. Manter contato de olho natural enquanto a criana est falando 10. Encorajar a criana a falar 33. Alteraes na musculatura da face 34. Atraso de linguagem No falar pela criana Falar naturalmente Respeitar os turnos comunicativos Verbalizar suas aes e atitudes (CUIDADO!) Histrias, msicas, jogos , brincadeiras simblicas... Onomatopias 35. Desvio fonolgico Habilidades auditivas Contrastes Conscincia fonolgica Msicas Jogos Histrias 36. Desvio fontico Habilidades auditivas Contrastes Msicas Histrias Jogos Exerccios miofuncionais 37. Dificuldades na Conscincia Fonolgica Habilidades -deteco, ateno, discriminao, reconhecimento e memria auditiva material: caixinhas de fsforos embaladas onde a cada 2 sejam colocados palitos, gros de arroz, de feijo, moedas de metal, grampos, fsforos, miangas (originando diferentes tipos de sons) realizar jogo de memria com estes pares sonoros. 38. EM SNTESE Nem tudo o que parece ser; Todas as famlias tm problemas e devem ser acolhidas; O problema pode estar no outro lado; Se o terapeuta no o procura, procure-o voc; O diagnstico no o mais importante, a no ser que haja necessidade de medicamento; Desmistificar mais simples do que se imagina... 39. Muito obrigada pela ateno!!!Viviane Medeiros Pasqualeto 51 93322149 vivianepasqualeto@yahoo.com.br http://acontecerfonoaudiologia.blogspot.com.br/

Recommended

View more >