godoy luminotecnia

Download Godoy Luminotecnia

Post on 06-Jan-2017

223 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • L U M E A R Q U I T E T U R A 50 L U M E A R Q U I T E T U R A 51

    Profissionais que compem o escritrio O escritrio formado pelo titular Plinio Godoy; por

    Marcos Noyori, Katya Castellini e Carmen Salaroli,

    arquitetos coordenadores; Ren Adriani Jr., designer

    coordenador; Caio Maeda e Rogrio Costa, arquitetos;

    Maria Luisa Simas, designer; Edna Nagaoka, administra-

    dora; Rodrigo Zampol e Brbara Pinheiro, estagirios.

    Entidades de classe que participa Plinio Godoy associado da AsBai (Associao

    Brasileira de Arquitetos de Iluminao).

    representante de alguma empresa do ramo? Qual? No.

    Possui loja de produtos para iluminao? Qual? No.

    Principais projetos executados Estaes da Linha 4 Amarela do Metr de So Paulo;

    Biblioteca Mrio de Andrade; sede do banco Santander; sede

    do portal Terra e unidades da academia Bio Ritmo, todos em

    So Paulo (SP).

    Projetos recentes Vivo Datacenter Tambor; Shopping Granja Vianna; Daslu

    Cidade Jardim e renovao das unidades da Reebok Sports

    Club do shopping Cidade Jardim e da Vila Olmpia, todos no

    Estado de So Paulo; e Shopping Ptio Belm, em Belm (PA).

    Projetos em execuo Terceiro Terminal de Passageiros (TPS-3) do Aeroporto

    Internacional de Guarulhos/Cumbica; edifcio Berrini One;

    edifcio Berrini Corporate e Istituto Italiano di Cultura de So

    Paulo, todos no Estado de So Paulo; e Instituto Tecnolgico

    Vale (ITV), em Belm (PA).

    Titular: Plinio Godoy

    Data de incio das atividades:2002

    Endereo: Rua urea, 344 Vila Mariana So Paulo SP

    Telefone: (11) 5575-4540

    Site:www.godoyassociados.com.br

    p e r f i l e s c r i t r i o s

    Godoy Luminotecnia

    PlinioGodoyatuanosetordeiluminaodesdeafaculdade,quandoestaGiouemumafabricantedeequiPamentospara iluminao pblica. Passou por um escritrio de projetos, por grandes empresas como Philips e GE, at abrir seu primeiro

    escritrio com Neide Senzi, parceria que durou quase 10 anos.

    Em 2002, criou o escritrio Godoy Luminotecnia, que realiza projetos ligados iluminao arquitetnica, comercial, coorpo-

    rativa e residencial, sempre com foco na eficincia energtica. O titular do escritrio tambm realiza muitos trabalhos na rea de

    iluminao pblica.

    Principais reas de atuao Iluminao comercial, residencial e industrial; em aeropor-

    tos, hospitais, hotelaria, metr, academias e shopping centers,

    alm de iluminao corporativa e esportiva.

    Especialidades Lighting design, certificao energtica, desenvolvimento

    de sistemas de iluminao e automao.

    Academia Bio Ritmo, em So Paulo.

    Sede do portal Terra, em So Paulo.

    Sede do banco Santander, em So Paulo.

    1

    1

    2

    33

    2

    Rub

    ens

    Cam

    po

    Rub

    ens

    Cam

    po

    Rub

    ens

    Cam

    po

  • L U M E A R Q U I T E T U R A 52

    Mdia de projetos executados em um ano O escritrio prefere no divulgar.

    Profissionais considerados muito bons no Brasil e no exterior No Brasil, Plinio Godoy destaca Esther

    Stiller, Gilberto Franco, Carlos Fortes,

    Guinter Parshalk e Mnica Lobo. No

    exterior, Roger Narboni, Jonathan Speirs,

    Marc Major e Grahan Phoenix.

    Ser lighting designer viver olhando para cima

    O futuro do lighting design O futuro do lighting design ser multi-

    mdia... projetar percepes, vivncias.

    O Godoy Luminotecnia

    foi capa da edio n 31

    especial de 5 anos da

    Lume Arquitetura, com o

    projeto de iluminao reali-

    zado na sede da MPM Pro-

    paganda, e da edio n 4,

    com a fachada do Theatro

    Municipal de So Paulo.

    O escritrio ainda teve um

    case, publicado na edio

    n 46, com a luminotecnia

    da Estao Paulista do

    Metr de So Paulo. Plinio

    Godoy participou tambm

    da seo Ponto de Vista,

    na edio n 1; da seo

    Aula Rpida da edio n

    13; e da seo Opinio, na

    edio n 15; alm de ter

    sido fonte de diversas ma-

    trias especiais, como na

    edio n 50, com depoi-

    mento no Especial de 50

    edies, e na edio n 52,

    na matria O uso de cores

    em monumentos.L U M E A R Q U I T E T U R A 28 L U M E A R Q U I T E T U R A 29 L U M E A R Q U I T E T U R A 28

    c a s e

    Metr Paulista

    Eficincia e praticidade ditam a iluminao de estao da Linha 4

    Por Rodrigo CasarinFotos: Rubens Campo e Algeo Cairolli

    InauguradanofInaldemaIoltImo,aestaoPaulIstado Metr de So Paulo, que integra a Linha 4 Amarela, contou

    com projeto geotcnico, estrutural, arquitetnico e assistncia

    tcnica obra da Intertechne, empresa de consultoria e projetos

    de engenharia. J a luminotecnia das estaes da linha ficaram

    por conta do lighting designer Plnio Godoy, titular do escrit-

    rio Godoy Luminotcnica.

    Para realizar o projeto das estaes do Metr, Plnio

    precisou seguir uma srie de premissas passadas pelo

    consrcio responsvel pelas obras. As reas das estaes

    L U M E A R Q U I T E T U R A 29

    O nvel da iluminao das plataformas de embarque da estao de 250 lux.

    L U M E A R Q U I T E T U R A80

    o p i n i o

    L U M E A R Q U I T E T U R A80

    Podemos dizer que a locomotiva da

    Indstria da Iluminao o setor das fon-

    tes de luz, que antigamente poderia ser

    chamado de setor de lmpadas digo

    fontes de luz, porque com a chegada

    dos LEDs, nem tudo o que gera luz uma

    lmpada propriamente dita.

    Assim, aps a apresentao de

    fontes novas de luz, a Indstria da

    Iluminao est absorvendo as tecnolo-

    gias e desenvolvendo novas utilizaes

    e solues para o aprimoramento da

    tcnica de iluminar. Um exemplo o

    uso indevido dos chamados LEDs, em

    circunstncias e meios incorretos,

    fazendo com que muitas aplicaes

    erradas ou desastrosas iniciem um

    processo de falsos conceitos, pois

    desde o incio, foram ditos serem fontes

    de luz de longa durabilidade e, pelos

    erros de aplicao, mostram-se

    diferentes disso.

    Foto

    : M

    arce

    lo C

    lio

    nais com referncias (como membros

    de associaes), podiam ter acesso s

    novidades uma adaptao da

    indstria dura realidade da concorrn-

    cia internacional. E se voc quer um

    conselho... no entre com cmera

    fotogrfica nestes eventos, para no ser

    chamado de chins.

    Plinio Godoy Engenheiro, lighting

    designer responsvel pelo escritrio Godoy

    Luminotecnia, diretor da empresa Luz

    Urbana, membro fundador da AsBAI

    Associao Brasileira de Arquitetos de

    Iluminao, integra o grupo de trabalhos

    da CIE-Brasil Comisso Internacional

    de Iluminao, associado ASIL

    Associao Italiana de Luminotcnica

    e IESNA (Illuminating Engineering Society

    of North America).

    plinio@luzurbana.com.br

    Assim, muitas aplicaes melhor

    desenvolvidas, com estudos de

    resfriamentos dos drivers e circuitos de

    aplicao, foram apresentadas criti-

    cando os que rapidamente saram no

    mercado com solues incorretas,

    criando a possibilidade de inviabilizar a

    tecnologia num futuro prximo.

    A aplicao de sistemas fluores-

    centes com as novas T5 e T2 est

    estabelecendo novos parmetros de

    qualidade de iluminao, abrangidos

    pela nova norma IEC para iluminao

    de escritrios, que, aliados ao uso

    dos sistemas DALI, passam a fazer

    cada vez mais parte da realidade

    europia e mundial.

    A aplicao da tricromia com

    efeitos RGB tambm bastante utiliza-

    da, tanto com sistemas fluorescentes

    como LEDs, possibilitando a percepo

    da 4 dimenso da luz, o tempo!

    Temos cada vez mais sistemas

    que se adaptam aos ambientes para

    usos diferenciados e para perodos do

    dia diferenciados, escritrios cuja

    iluminao adaptvel dependendo

    da hora, tirando o foco da iluminao

    da tarefa para o usurio, o conforto e a

    produtividade.

    O que me chamou bastante a

    ateno, entretanto, foi a preocupao

    com os fabricantes copiadores

    aqueles que esperam a indstria criar

    idias para serem copiadas. Muitos

    estandes se tornaram caixas pretas,

    onde somente convidados ou profissio-Foto

    : A

    rqui

    vo d

    o a

    uto

    r

    Temos cada vez mais sistemas que se adaptamaos ambientes para usos diferenciadose para perodos do dia diferenciados.

    INTEL 2005Aspectos inovadores na Feira de Milo

    Por Plinio Godoy

    L U M E A R Q U I T E T U R A 42 L U M E A R Q U I T E T U R A 43

    Biblioteca Mrio de Andrade

    Sala de leitura iluminada por fluorescentes T8 de

    32W a 4000K em sancas e 16 lmpadas de CDM-T

    de 70W a 3000K em embutidos circulares com

    difusor intermedirio em vidro fosco.

    Reaproveitamento de materiais norteia restauro e iluminao

    Por Erlei Gobi

    c a s e

    ABiBliotecAMriodeAndrAde,locAlizAdAno centro de So Paulo, uma das mais importan-

    tes bibliotecas de pesquisa do pas. Inaugurada

    em 1926, na Rua 7 de Abril, a primeira biblioteca

    pblica da cidade e a segunda maior biblioteca

    pblica do pas com 12 mil metros quadrados

    superada, apenas, pela Biblioteca Nacional.

    Com um acervo de aproximadamente 3 milhes

    e 300 mil itens, entre livros, peridicos, mapas e

    multimeios, mantm grandes colees especiais,

    que incluem um dos maiores acervos de livros de

    arte de So Paulo, uma biblioteca depositria da

    ONU e uma riqussima coleo de obras