Guia dslr de_cinematografia_digital

Download Guia dslr de_cinematografia_digital

Post on 12-Jan-2015

1.349 views

Category:

Documents

9 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. 2 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. A verso mais recente desse guia pode ser sempre encontrada em www.cinematografico.com.br/guiadslr 2013 - Cinematografico.com.br Este documento est licenciado como Creative Commons, ento voce tem as liberdades descritas a seguir. No entanto, ns pedimos que voc no compartilhe este PDF com um amigo, mas que sim, encaminhe-o para o site http://www.cinematografico.com.br onde ele pode baixar a ltima verso do nosso livro de graa e ainda acessar muito mais informao do que est disponvel no livro. Obrigado. </li></ul><p> 2. 3 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. Licena Creative Commons A licena dessa obra permite voc: Compartilhar - Copiar, distribuir e transmitir esta obra Remixar - Adaptar esta obra Sob as seguintes condies: Atribuio - Voc deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas no de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a voc ou ao seu uso da obra). No Comercial - proibido o uso desse trabalho com fins comerciais Compartilhamento pela mesma licena - Se voc alterar, transformar ou criar em cima desta obra, voc poder distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licena, ou sob uma licena similar presente. Esta licena permite que outros remixem, adaptem e criem obras derivadas sobre a obra original, desde que com fins no comerciais e contanto que atribuam crdito ao autor e licenciem as novas criaes sob os mesmos parmetros. Outros podem fazer o download ou redistribuir a obra da mesma forma que na licena anterior, mas eles tambm podem traduzir, fazer remixes e elaborar novas histrias com base na obra original. Toda nova obra feita a partir desta dever ser licenciada com a mesma licena, de modo que qualquer obra derivada, por natureza, no poder ser usada para fins comerciais. Para saber mais sobre esta licena: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/ 3. 4 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. Este livro fornecido gratuitamente porque simplesmente queremos difundir conhecimento, e o fato dele ter chegado at voc j nos d satisfao suficiente. No entanto existe uma maneira de juntos compartilharmos ainda mais esse conhecimento. Voc pode nos ajudar: Curtindo no Facebook Assinando nosso Canal no Youtube Nos seguindo no Twitter Se este livro chegou a voc por qualquer outro meio que no tenha sido do nosso website, no deixe de visit-lo e assinar nossa newsletter para receber a ltima atualizao deste guia e muito mais informao que disponibilizamos s para assinantes. 4. 5 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. 5. 6 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. ndice Introduo..................................................................................................................................... 8 Conceitos Bsicos da Cinematografia..................................................................................12 Escolha sua Cmera DSLR.....................................................................................................26 Economizando na Compra.....................................................................................................34 Pixels Travados..........................................................................................................................38 Aliasing e Moir....................................................................................................................... 40 Rolling Shutter...........................................................................................................................42 Superaquecimento.................................................................................................................. 44 Lentes, usando Primes, escolhendo marcas.....................................................................46 Lentes: Comprando e Adaptando........................................................................................53 Lentes: Distncias Focais e Profundidade de Campo.....................................................58 Quais cartes de memria devo usar?...............................................................................62 Suportes......................................................................................................................................64 Baterias e Alimentao...........................................................................................................68 udio............................................................................................................................................70 Firmware ....................................................................................................................................75 Magic Lantern............................................................................................................................75 GH1 Firmware............................................................................................................................77 6. 7 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. Para-sol (Matte Box)..............................................................................................................79 Filtros de Densidade Neutra ..................................................................................................81 Visor LCD....................................................................................................................................85 Monitores ...................................................................................................................................89 Externos.......................................................................................................................................89 Picture Style Editor...................................................................................................................92 Ps Produo ............................................................................................................................95 Armazenagem (para Edio).................................................................................................96 Transcodificar............................................................................................................................98 Sincronia de udio................................................................................................................. 100 Reduo de Rudo...................................................................................................................102 Correo de Cor......................................................................................................................105 Botando a Mo na massa.....................................................................................................107 7. 8 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. Recentemente vimos nada menos do que uma revoluo na rea de cinematografia e vdeo. Durante muitos anos vimos os preos de cmeras com qualidade profissional baixarem mais e mais, desde as primeiras MiniDV que comearam a democratizao da produo audiovisual e o comeo do uso de vdeo na produo de cinema, introduo das cmeras de alta definio, que mudaram o que conhecemos por vdeo de qualidade para sempre. No meio tempo, alguns de ns tentamos at criar ou comprar adaptadores para usarmos lentes de cmeras SLR em nossas camcorders de alta definio! Introduo O que eu preciso saber sobre cinematografia (digital)? 8. 9 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. Mas nenhuma destas revolues trouxe o vdeo para perto do cinema como a introduo das primeiras DSLRs. De repente podamos gravar vdeo de altssima qualidade, com boa latitude, enorme profundidade de campo e finalmente trocar de lentes com cmeras que custavam menos de 3 mil dlares. Atualmente, algumas destas cmeras custam apenas 600 dlares ou menos e produzem imagens de qualidade inimaginvel. mais do que conhecido que as cmeras DSLR tem vrios pontos negativos que podem se tornar irritantes mas os pontos positivos so to fortes e to importantes que vale muito a pena us-las. Quanto a ns, que revisamos e traduzimos este guia da verso em ingls. Rafael Perez finalizador de efeitos visuais, e atualmente trabalha em Vancouver, Canad. Tem no currculo grandes filmes, como Transformers 3, Twilight e sries de TV como Breaking Bad, Steven Spielbergs Falling Skies e Arrow. No Brasil, trabalhou em So Paulo numa das maiores finalizadoras de TV e cinema, a Teleimage/Casablanca, como finalizador e motion designer. Rafael tambm um dos poucos profissionais que tm o ttulo Adobe Video Master, e Adobe Certified Instructor nos softwares Adobe After FX, Premiere, Photoshop e Illustrator. Ivan comanda a Enzimage, uma produtora de vdeo na Holanda dedicada a Marketing Digital. Em sua carreira produziu, editou e dirigiu incontveis comerciais para televiso no Brasil, dirigiu diversos curtas metragens. Viaja o mundo filmando, editando e ensinando, sendo que sua empresa hoje produz vdeo para 5 continentes. 9. 10 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. Lgico que ambos somos grandes adeptos da tecnologia DSLR desde os primeiros modelos e tivemos a oportunidade de experimentar com vrias marcas de cmeras e lentes, gravando, editando, finalizando! A razo para traduzirmos e adaptarmos um livro? A princpio queramos tornar o excelente material escrito Ryan Koo acessvel a todos os brasileiros. Mas a razo por trs de tudo que ambos sempre tivemos um compromisso com desmistificar a tecnologia e de habilitar mais e mais pessoas a se expressarem por meio do cinema e do vdeo. Acreditamos que da mesma maneira que a imagem em movimento j h muito tempo o maior veculo de consumo de arte e entretenimento, se tornou tambm um mtodo importantssimo de comunicao e principalmente de transferncia de informao. Assim, nosso desejo que o mximo de pessoas tenham a capacidade de entreter, comunicar e informar por meio do cinema e do vdeo sem medo de errar e com a maior qualidade possvel. Enquanto a estrutura e parte das idias so derivada do livro de Ryan Koo, o contedo foi profundamente modificado e atualizado e tambm procuramos adaptar ao mximo o tema ao ambiente e mercados brasileiros. O guia foi amplamente readaptado para o mercado brasileiro. 10. 11 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. Toda a informao neste livro baseada em muito tempo de leitura e estudo, muitos seminrios, feiras e eventos que visitamos e especialmente muito uso destas impressionantes e adorveis cmeras, tanto em projetos pessoais quanto em projetos profissionais. Se ao terminar de ler este livro voc estiver empolgado em fazer um filme com uma DSLR nossa misso est cumprida! 11. 12 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. Neste captulo vamos passar por alguns conceitos bsicos de cinematografia que podem ser teis para referncia mais pra frente no nosso guia. Talvez voc j esteja familiarizado com estes termos, se for o caso fique vontade para pular este captulo. Mas se por outro lado sua formao em fotografia ou se novo para imagem digital em geral, este captulo de bnus vai te ajudar a esclarecer alguns conceitos bsicos de cinematografia que vamos usar no guia. Ele no vai ser um glossrio extenso, mas vai ser um bom ponto inicial. Vamos explicar estes conceitos de um ponto de vista prtico e no de um ponto de vista cientfico por que acreditamos que neste caso mais importante saber como Conceitos Bsicos da Cinematografia O que eu preciso saber sobre cinematografia (digital)? 12. 13 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. as coisas funcionam do que por que elas funcionam. Se voc est procurando conhecimento mais especfico, fique de olho no nos artigos do www.cinematografico.com.br para se aprofundar mais. Ento aqui vo 10 conceitos bsicos com os quais voc deve se familiarizar: 1. Proporo do quadro e lentes anamrficas A proporo do quadro j foi um problema maior do que hoje. Antes das cmeras de alta-definio aparecerem, a proporo padro de 4:3 das televises era geralmente inconveniente para quem estava procurando um look mais cinematogrfico, por que contedo na proporo de 4:3 (ou 1,33:1) sempre esteve associado com televiso, enquanto composies em widescreen (tela larga) era o que as pessoas estavam esperando ver no cinema. Quando dizemos que uma imagem 4:3 (dizemos quatro por trs), queremos dizer que a imagem tem 4 1,33:11,85:12,35:1 13. 14 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. unidades de largura por 3 de altura. Quando dizemos 1,33:1 queremos dizer... bom, voc entendeu n? a mesma coisa. Normalmente ns descartamos o :1 por que j est implcito. Podemos dizer apenas que vamos gravar em 1,85 ao invs de 1,85:1 O padro das TVs de alta definio ou HDTV hoje j na proporo de 16:9, que no caso 1,78:1. Bem prximo da proporo de 1,85:1 tradicional em muitos filmes. Alm destes dois formatos praticamente idnticos, outra proporo mais comum o CinemaScope de 2,35:1, que comum em filmes de produo mais cara. O formato 2,35:1 filmado normalmente usando lentes anamrficas. Lentes anamrficas no so esfricas, ou seja, elas espremem a imagem horizontalmente para preencher o filme ou o sensor, sendo necessrio o uso de uma lente anamrfica novamente na projeo para se desespremer a imagem de volta. Enquanto possvel colocar uma lente anamrfica em uma cmera DSLR, a maioria de ns vai simplesmente gravar na proporo padro de 16:9. 14. 15 Esta a verso 1.1 do Guia DSLR. Acesse cinematografico.com.br/guiadslrpara ver a ltima verso disponvel. 2. Bokeh Bokeh (que muita gente no Brasil pronuncia como se fosse um arranjo de flores, mas na verdade se pronuncia bou-que) uma das maiores razes por que todos querem gravar com DSLRs. Bokeh um termo derivado do termo japons boke, que significa qualidade do desfocado. Bokeh se refere parte da imagem que est fora de foco ou borrada. Dentre as ferramentas do cinematografista, bokeh no s uma qualidade esttica agradvel mas tambm ajuda a direcionar o olho do espectador para a rea de interesse no quadro. Para conseguir esse efeito, preciso que o sensor da cmera seja consideravelmente grande. Alm disso, necessrio haver um certo controle da lente usada. Nas cmeras de vdeo, o sensor pequeno e, a no ser em modelos extremamente caros, no h a...</p>