migrações internas e emigração

Download Migrações internas e emigração

Post on 26-Jun-2015

10.704 views

Category:

Business

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Migraes Internas e Emigrao

2. Migraes Internas;
Nesta categoria podemos integrar as:
Deslocaes sazonais de trabalhadores entre zonas rurais. Estas deslocaes ocorreram na Frana, entre as cidades de Vinhedos de Maicon e as plancies cerealferas de Bresse.
Em Portugal as migraes ficaram celebres como sendo as migraes dos ratinhos das Beiras para as provncias do Sul, nomeadamente o Alentejo.
3. Os fluxos migratrios dos campos para as cidades, ocorreu pelo facto de existirem ofertas para trabalhar em fbricas, na construo civil, nos caminhos de ferro ou no servio domstico.
As cidades foram atraces para as massas camponesas.
4. 5. A Emigrao
Em primeiro lugar temos de mencionar que entre 1815 e 1914 a populao europeia duplicou.
Este crescimento populacional deve-se anovas prticas de higiene e vacinao. Tudo isto vai traduzir-se numa baixa taxa de mortalidade, aumentando assim o crescimento natural.
Este aumento demogrfico traduz-se no s na reduo de salrios, mas tambm no desemprego crnico e no pauperismo, ou seja: misria, penria e pobreza.
Tudo isto, aliado a crises agrcolas, que provocavam a falta e encarecimento dos alimentos que leva fome em regies rurais mais populosas.
6. As razes que motivaram a emigrao de quase 80 milhes de pessoas, na sua maioria Europeus, foi sem dvida a procura de melhores condies de vida, nomeadamente melhores condies econmicas.
Muitas pessoas foram praticamente obrigadas a fugir s ms condies de vida que o seu pas de origem se deparava.
Como tal, verifica-se um maior nmero de emigrantes entre a populao mais pobre.
7. 8. Motivos para as Emigraes;
Em primeiro lugar encontram-se os motivos demogrficos e econmicos.
A Europa estava densamente povoada, com uma precria distribuio dos recursos, uma agricultura pouco compensadora e um insuficiente desenvolvimento industrial, esta era a situao da Europa do Sul e da Europa Oriental, que arrancava tardiamente para a industrializao.
9. Razes para as Emigraes;
A razo que conduziu os britnicos emigrao foi, o desemprego tecnolgico causado pela precoce e forte industrializao.
Foram os factores econmicos que impeliram Irlandeses e Alemes para fora da Europa.
Os motivos polticos e religiosos tiveram, tambm a sua quota-parte no caudal emigratrio Europeu.
10. 11. A Emigrao Portuguesa
Em finais do sculo XIX os portugueses comeam a procurar activamente novos destinos alternativos ao Brasil, e Europa.
Ao longo do sculo XX, espalham-se pelos EUA, Argentina, Venezuela, Canad, Austrlia. O fluxo emigratrio para frica aumenta, em especial para Angola, Moambique e outras regies da frica Austral como a frica do Sul, Zimbabwe ou o Congo.
12. 13. 14. Trabalho realizado por:
Alice Rodrigues
Sara Dias
11H
Escola secundaria de caldas das taipas
22-04-2010

Recommended

View more >