plano diretor de meio ambiente 0 plano de aÇÃo .plano diretor de meio ambiente ... plano diretor

Download PLANO DIRETOR DE MEIO AMBIENTE 0 PLANO DE AÇÃO .PLANO DIRETOR DE MEIO AMBIENTE ... PLANO DIRETOR

Post on 08-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 0 PLANO DIRETOR DE MEIO AMBIENTE

    PLANO DE AO 2016

  • 01 PLANO DIRETOR DE MEIO AMBIENTE

    PLANO DE AO 2016

    Servio Nacional de Aprendizagem Comercial

    Ncleo de Desenvolvimento Corporativo do Nordeste

    Plano Diretor de Meio Ambiente (PDMA) Plano de Ao 2016

    Departamento Nacional

    Sidney da Silva Cunha

    Diretor Geral do Departamento Nacional

    Anna Beatriz Waehneldt

    Diretora de Educao do Departamento Nacional

    Coordenao do Ncleo de Desenvolvimento Corporativo do Nordeste

    Ana Claudia Martins Maia Alencar

    Diretora do Departamento Regional do Cear

    Departamentos Regionais

    Valria Peregrino Fernandes

    Diretora do Departamento Regional do Pernambuco

    Telma Maria Ribeiro Guimares

    Diretora do Departamento Regional de Alagoas

    Marina Vianna Alves de Almeida

    Diretora do Departamento Regional da Bahia

    Ana Claudia Martins Maia Alencar

    Diretora do Departamento Regional do Cear

    Dionsio Corteletti

    Diretor do Departamento Regional do Esprito Santo

    Jos Ahirton Batista Lopes

    Diretor do Departamento Regional do Maranho

    Geraldo Bezerra Veras

    Diretor do Departamento Regional da Paraba

    Elaine Rodrigues Rocha Dias

    Diretora do Departamento Regional do Piau

    Fernando Virglio de Macedo Silva

    Diretor do Departamento Regional do Grande do Norte

    Paulo do Eirado Dias Filho

    Diretor do Departamento Regional do Sergipe

  • 02 PLANO DIRETOR DE MEIO AMBIENTE

    PLANO DE AO 2016

    Coordenao Tcnica do Plano Diretor de Meio Ambiente

    Djaira Leito

    Diretora de Desenvolvimento Educacional do Departamento Regional de Pernambuco

    Elizio Jos da Silva

    Gerente de Desenvolvimento de Produtos do Departamento Regional de Pernambuco

    Equipe Tcnica

    Eliene Pereira Sarafim

    Assessora Tcnica dos Eixos Tecnolgicos: Ambiente e Sade/Segurana/Infraestrutura

    do Departamento Regional de Alagoas

    Maria das Dores de Oliveira Esteves

    Coordenao de Meio Ambiente do Departamento Regional da Bahia

    Cntia Araujo Oliveira

    Consultora de Produtos Educacionais do Eixo Tecnolgico Turismo, Hospitalidade e Lazer do

    Departamento Regional do Cear

    Inaldo Arajo Gonalves

    Consultor de Produtos Educacionais do Eixo Tecnolgico Ambiente e Sade / Segurana

    Flvia Mara dos Santos Nascimento

    Gerncia (Interina) do Centro de Educao Profissional em Gesto, Sade e Comrcio do

    Departamento Regional do Esprito Santo

    Talita Cristina Neves Avelar Assessora Tcnica do Departamento Regional do Maranho

    Adolfo Castor de Andrade

    Gerente do Centro de Desenvolvimento Gerencial do Departamento Regional Paraba

    Viviane Nascimento Alves

    Assessora Tcnica do Departamento Regional do Piau

    Andreria Nascimento Costa

    Assessora Pedaggica do Departamento Regional do Rio Grande do Norte

    Adolfo Hubner de Jesus

    Lder de Processo de Gesto Ambiental do Departamento Regional de Sergipe

  • 03 PLANO DIRETOR DE MEIO AMBIENTE

    PLANO DE AO 2016

    SUMRIO

    Apresentao_________________________________________________________ 04

    1. Justificativa ______________________________________________________ 05

    2. Aes 2016 _______________________________________________________ 05

    3. Oramento ______________________________________________________ 14

    4. Cronograma _____________________________________________________ 15

    Referncias __________________________________________________________ 17

  • 04 PLANO DIRETOR DE MEIO AMBIENTE

    PLANO DE AO 2016

    Apresentao

    O crescimento econmico e demogrfico das ltimas dcadas e a acentuada

    urbanizao tem conduzido ao aumento de demandas por gua, energia,

    saneamento, comunicao e transporte dentre outros recursos. Assim, pensar

    sob a perspectiva do desenvolvimento requer que se leve em conta o processo

    de degradao ambiental gerado nos ltimos sculos, tratando-se de um debate

    central para as polticas de desenvolvimento.

    Sob o enfoque do desenvolvimento sustentvel, torna-se imprescindvel a

    preservao dos recursos naturais e dos ecossistemas atravs do uso racional das

    matrias-primas naturais e da energia.

    As definies de desenvolvimento sustentvel tratam de uma convocao

    sociedade para no deixar de atender as necessidades das geraes futuras,

    consistindo numa abordagem estritamente tica de solidariedade entre geraes.

    A sustentabilidade impe desafios e uma exigncia de mudana de

    paradigma, que venha a valorizar a conservao, no lugar da expanso, da

    quantidade e da competio a qualquer preo.

    No meio empresarial, o desenvolvimento sustentvel implica num processo

    impositivo de melhoria contnua, visando o uso mais racional dos recursos para

    satisfazer as crescentes necessidades do consumo e diminuir os impactos

    ambientais. Para isso, as tcnicas de gesto devem ser constantemente

    atualizadas, e tais inovaes precisam ser progressivamente incorporadas aos

    programas e polticas existentes, se uma empresa pretende ficar frente das

    exigncias legais, das expectativas da comunidade e dos seus concorrentes.

    Enquanto instituio de educao profissional reconhecida por sua histria

    de responsabilidade e compromisso com a sociedade, o SENAC assume o

    desafio de adotar um modelo de atuao que priorize uma viso sustentvel,

    adotando a atitude sustentvel como marca formativa, alm de diversas aes

    educacionais, que beneficiam larga parcela da populao brasileira.

    A adeso aos novos paradigmas socioambientais comprova o compromisso

    do Senac na formao dos cidados, assim como ratifica o preparo da nossa

    Instituio para a implementao das aes necessrias ao desenvolvimento

    sustentvel.

  • 05 PLANO DIRETOR DE MEIO AMBIENTE

    PLANO DE AO 2016

    1. Justificativa

    Com foco na importncia que a sustentabilidade representa para as empresas do comrcio,

    bens e servios, em 2011, o Ncleo de Desenvolvimento Corporativo do Nordeste aprovou o

    Plano Diretor de Meio Ambiente (PDMA) do Ncleo Nordeste cujo objetivo fortalecer a ao

    do Senac nessa rea, colocando a Instituio em plena sintonia com as novas demandas da

    sociedade e do mercado de trabalho.

    O Senac concebe a necessidade de atualizao permanente das aes deste Plano, com base

    nos desafios e oportunidades. Dessa maneira, o plano de ao realinhado anualmente pelos

    participantes do Grupo de Trabalho de Meio Ambiente (GTMA) visando adotar um

    posicionamento de vanguarda no PDMA para atender s necessidades e expectativas de

    mercado na regio contemplada.

    Neste af, sob a coordenao do Departamento Regional de Pernambuco (DR-PE), foi

    realizada em Recife nos dias 04, 05 e 06 de novembro de 2015 a reunio do Plano Diretor de

    Meio Ambiente onde foram definidas as seguintes linhas de ao para o exerccio de 2016:

    Programa de Boas Prticas em Resduos Slidos;

    Portflio; e,

    Monitoramento das aes.

    2. Aes 2016

    2.1 Linha de Ao: Programa de Boas Prticas em Resduos Slidos (BPRS)

    O objetivo desta linha de ao consolidar e comercializar o BPRS, uma vez que se trata

    de um produto ainda desconhecido pelo mercado da regio Nordeste e Esprito Santo.

    O Programa de Boas Prticas em Resduos Slidos (BPRS) foi lanado pelo Ncleo de

    Desenvolvimento Corporativo do Nordeste em maro de 2013, com o custo mdio de

    R$6.000,00 (seis mil reais). Trata-se de um programa de tecnologia educacional direcionado

    implantao de boas prticas, desenvolvido de forma a atender a Poltica Nacional de Resduos

    Slidos (Lei n 12.305/2010), assim como as demais legislaes federais, estaduais e municipais

    relacionadas.

  • 06 PLANO DIRETOR DE MEIO AMBIENTE

    PLANO DE AO 2016

    Tendo em vista que nem todos os DRs participaram da formao BPRS realizada em 2015

    e que alguns dos consultores capacitados j no pertencem mais ao quadro de funcionrios do

    Senac, o GTMA prope a realizao de uma nova turma de consultores do programa BPRS.

    Para melhor aplicabilidade desta formao, prope-se que o local onde ser realizado o

    curso seja um ambiente que apresente vivncias prticas socioambientais consolidadas,

    especialmente no que concerne ao tratamento de resduos slidos. Nessa perspectiva, o curso de

    formao BPRS ser realizado em um hotel que seja referncia na regio Nordeste ou no Brasil,

    oportunizado a identificao de possibilidades para a implantao de diversas aes a partir das

    suas experincias.

    O Quadro 01 apresenta as aes previstas para a linha de ao do Programa BPRS em

    2016.

  • 07 PLANO DIRETOR DE MEIO AMBIENTE

    PLANO DE AO 2016

    Quadro 01: Linha de ao - Programa de Boas Prticas em Resduos Slidos (BPRS)

    Projeto/Ao Meta Participantes Oramento Cronograma de

    execuo Status

    Divulgao do Programa

    BPRS

    Visitar 20 empresas para a apresentao

    do Programa (por DR) Todos os DRs

    Custos do prprio DR.

    At novembro/2016.

    PE: at novembro MA: em realizao at outubro AL: at outubro/2016 CE: at outubro/2016 RN: Agosto e setembro/2016 PB: at dezembro/2016 SE: At novembro/2016 BA: At novembro/2016 PI: At novembro/2016 ES: O DR no possui de um profissional para atender ao programa No realizado

    Apresentar o Programa BPRS em 1

    evento de organizao de

    empresrios do setor (ABIH, ABRASEL, Administradora de condomnio, etc.)

    Todos os DRs Cust