relatório de atividades cric ?rio_atividades_2014... · manual da qualidade do cric . 5 nota...

Download Relatório de atividades CRIC ?rio_atividades_2014... · Manual da Qualidade do CRIC . 5 Nota Introdutória

Post on 26-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Aprovado pela Assembleia Geral a 9 de maro de 2015

    Relatrio de atividades CRIC 2014

  • 2

    ndice

    Nota Introdutria ................................................................................................................................ 5

    1 Recursos Humanos ....................................................................................................................... 7

    2 Parcerias ....................................................................................................................................... 9

    2.1 Avaliao de parcerias por parte do CRIC .......................................................................... 10

    2.2- Avaliao do grau de satisfao dos parceiros ...................................................................... 11

    3 - Avaliao das necessidades e expetativas da comunidade ......................................................... 12

    4 - Gesto de reclamaes e Aes de melhoria .............................................................................. 14

    5 - Formao .................................................................................................................................... 15

    6 Avaliao de desempenho .......................................................................................................... 16

    7 - Atividades desenvolvidas nas respostas sociais C.A.O. e R.A. .................................................. 17

    7.1. mbito dos servios .............................................................................................................. 17

    7.2. Atividades e clientes em acordo de cooperao .................................................................... 18

    7.2.2. Atividades na Residncia Autnoma ............................................................................ 19

    7.2.3. Promoo da insero profissional e formao de clientes da Residncia Autnoma ... 19

    7.3. Participao dos clientes e Planos individuais do CAO. ....................................................... 20

    8 Avaliao dos Projetos de inovao ........................................................................................... 26

    8.1 - SOS Famlias ....................................................................................................................... 26

    8.2. Programa rdio ...................................................................................................................... 26

    8.3. Residncia Autnoma ........................................................................................................... 27

    9- Satisfao de clientes/significativos ............................................................................................ 27

    10. Satisfao dos colaboradores ..................................................................................................... 29

    11. Avaliao da motivao dos colaboradores ............................................................................... 29

    12. Valor acrescentado para os clientes............................................................................................ 30

    13. Reconhecimento aos voluntrios ................................................................................................ 31

    Consideraes Finais ........................................................................................................................ 32

    ANEXOS ............................................................................................................................................ 33

    Anexo 1: Registos fotogrficos ........................................................................................................ 34

  • 3

  • 4

    Falamos de Qualidade de Vida quando uma pessoa tem os bens e servios suficientes ao nvel fsico, psicolgico, social, econmico e cultural Manual da Qualidade do CRIC

  • 5

    Nota Introdutria

    As atividades desenvolvidas em 2014 foram norteadas pelos objetivos previamente

    delineados no Plano de Atividades aprovado para 2014 e pelo Plano Estratgico concebido

    para o trinio 2012/2014. Deste modo, o presente documento procura analisar e avaliar as

    atividades e iniciativas desenvolvidas ao longo do ano, sintetizando os aspetos mais

    relevantes.

    A inaugurao do novo Centro de Atividades Ocupacionais e da Residncia

    Autnoma para 5 pessoas, constituiu o grande marco de 2014. Esta clara melhoria

    infraestrutural permitiu o alargamento do nmero de respostas sociais e a melhoria da

    qualidade dos servios do CRIC.

    O CRIC obteve a Certificao da Qualidade, assente no referencial EQUASS, nvel

    ASSURANCE, em Julho de 2013. Esta aposta na qualidade tem contribuido para uma

    melhoria dos servios da Instituio, assentes nos seguintes pilares:

    Misso: constituir uma resposta de qualidade ao nvel da reabilitao e incluso de pessoas

    em situao de deficincia e outros grupos desfavorecidos e suas famlias, atravs das

    respostas sociais: Centro de Atividades Ocupacionais e Residncia Autnoma,

    promovendo a dignidade, a igualdade e a qualidade de vida.

    Viso: tornar-se numa Instituio de referncia na rea da deficincia, apostando na

    melhoria contnua e na excelncia das suas respostas.

    Valores: Responsabilidade social no sentido de dar resposta s necessidades emergentes

    da comunidade; respeito pelos princpios de igualdade, dignidade e participao dos

    clientes e suas famlias; justia nas tomadas de deciso, no rigor da interveno e dos

    servios prestados; unio entre os colaboradores da instituio no sentido de concretizar os

    objetivos a que nos propomos.

    Os grandes objetivos do CRIC para 2014 e que justificam as aes realizadas

    consistiram em: a) atingir a satisfao dos clientes; b) promover a autonomia fsica e

    psquica dos clientes; c) promover a satisfao dos colaboradores; d) cumprir os objetivos

    dos projetos com os parceiros; e) promover a quantificao do trabalho de empowerment e

    autodeterminao realizado pelo CRIC.

  • 6

    O Relatrio de Atividades encontra-se suportado por vrios documentos como:

    Plano Anual de Atividades; Plano e Relatrio de Formao; Resultados dos Inquritos de

    satisfao a colaboradores, clientes, Entidades Financiadoras, parceiros e comunidade;

    Resultado da Avaliao de desempenho aos colaboradores; Projetos e Candidaturas. De

    igual modo, encontra-se alinhado com o Plano estratgico vigente (trinio 2012/2014),

    pelo que, o presente relatrio, mede e analisa os resultados dos objetivos estratgicos

    traados.

    Dada a dinmica crescente da Instituio no ltimo ano, a Direo do CRIC

    pretende, ainda, reconhecer o empenho e dedicao causa de todos os colaboradores,

    clientes, significativos/familiares, voluntrios, amigos e parceiros ao longo do ano de 2014.

  • 7

    1 Recursos Humanos

    O quadro seguinte pretende apresentar os colaboradores afetos Instituio no ano

    de 2014 e as funes desempenhadas:

    Quadro n 1: Lista de Colaboradores CAO

    Lista Colaboradores

    Diretora Tcnica/ Professora Educao Especial/ Gestora da Qualidade/ Coordenadora de Estgios Liliana Dinis Diretor Geral/Psiclogo/ Presidente da Direo Ricardo Silva Fisioterapeuta Maria de Lurdes Salgado Assistente Social Simo Santos Pedro Vanda Baslio Administrativos Helena Graa Carlos Tadeia Educadora Social Liliana Gafaniz Tcnica Psicossocial Nlia Correia Motorista Zaida Tadeia Prof. Natao/ Educao Fsica Marco Anacleto Ajudante de Cozinha Mafalda Santos Cozinheira Maria de Lurdes Fernandes Auxiliar de Servios Gerais Maria de Ftima Simes Responsvel pelo Grupo de voluntrios Maria de Lurdes Fernandes

    Psicloga do PIEF Sandra Martins Estagiria de Psicologia ( Estgio Profissional IEFP) Sara Bico Pereira

    Estagiria de Animao Sociocultural ( Estgio Profissional IEFP) Piedade Lopes

  • 8

    Quadro n 2: Lista de Colaboradores Residncia Autnoma

    Lista Colaboradores R.A.

    Diretor Tcnico/ Psiclogo Ricardo Silva Ajudantes de Ao Direta de 3 Maria do Cu Tomaz Maria Virgnia Galamba Gracinda Mendes Vernia Csar1 Marina Santos2 Terapeuta Ocupacional ngela Caldinhas

    Auxiliar de Servios Gerais

    Maria de Ftima Silva

    1 Terminou contrato em junho de 2014

    2 Iniciou funes em junho de 2014

  • 9

    2 Parcerias

    As parcerias estabelecidas pelo CRIC complementam o trabalho desenvolvido

    pela Instituio, contribuindo para um incremento da eficcia na execuo dos projetos

    e atividades que desenvolvemos anualmente.

    Dado o objetivo estratgico3 Ser uma Instituio de referncia na Comunidade

    local, a meta prevista de 8 parcerias com a comunidade local, para 2014, foi alcanada.

    Na verdade, o CRIC estabeleceu parceria com 3 Entidades Financiadoras e 11 parceiros

    sociais superando, deste modo, a meta prevista. Alm dos parceiros protocolados,

    procurmos envolver a comunidade local nos nossos eventos ( ao nvel da participao e

    enquanto patrocinadores). Em 2014 contmos com 40 patrocinadores nos eventos que

    desenvolvemos ( Noite de Fados e Marchas Populares). Adicionalmente, contmos com

    o apoio semanal em fruta e legumes de Jos Silvestre Neves e de 11 particulares do

    Mercado Municipal.

    Seguidamente, apresentaremos um quadro elucidativo das Parcerias que o CRIC

    efetuou no ano de 2014:

    Quadro n 3: Entidades financiadoras e parceiros sociais

    Entidade Financiadora Parceiro Social

    Centro