relatório de estágio profissionalizante em pediatriarepositorio- de estgio... · idade) e...

Download Relatório de Estágio Profissionalizante em Pediatriarepositorio- de Estgio... · idade) e ocorreu,

Post on 31-Dec-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Tiago Manuel Ferreira de Castro Fernandes

Relatrio de Estgio Profissionalizante em Pediatria

2010/2011

Abril, 2011

Tiago Manuel Ferreira de Castro Fernandes

Relatrio de Estgio Profissionalizante em Pediatria

Mestrado Integrado em Medicina

rea: Pediatria

Trabalho efectuado sob a Orientao de:

Prof. Doutora Ins Azevedo

Abril, 2011

Agradecimentos

Expresso o meu agradecimento a todos aqueles que colaboraram na minha formao

neste estgio de pediatria, entre eles:

Professora Doutora Ins Azevedo - Orientadora Tutora do Estgio e Orientadora do

Relatrio, pela disponibilidade e orientao;

Mdicos e Enfermeiros do Servio de Pediatria, pelas suas atitudes do ponto de vista

pedaggico e profissional;

Professor Doutor lvaro Machado Aguiar Regente da Disciplina, pela dedicao

ao ensino;

D. Aurora Martins Ramos Secretria do Servio de Pediatria pelo fornecimento de

material bibliogrfico.

Resumo

O presente relatrio retrata o estgio realizado no mbito da Prtica Clnica de

Pediatria, o qual faz parte do 6 ano do Mestrado Integrado em Medicina leccionado

pela FMUP.

Este estgio decorreu entre 18 de Outubro e 19 de Novembro de 2010, no espao

temporal de 5 semanas. Assim, durante 4 semanas estive presente diariamente no

Servio de Pediatria Mdica do Hospital de So Joo, no Porto, e durante 1 semana

desloquei-me ao Centro de Sade de Ermesinde, onde acompanhei as consultas de

sade infantil, no mbito dos Cuidados de Sade Primrios.

Neste relatrio, vou salientar as diferentes valncias de cuidados de sade a

crianas e adolescentes, os conhecimentos adquiridos e as relaes entre informao

terica e a sua aplicao na prtica desenvolvida. A este relatrio, est tambm inerente

uma avaliao do efeito pedaggico do estgio.

Com a realizao deste estgio, considero que cumpri os objectivos previamente

estabelecidos, no que diz respeito aquisio e consolidao de conhecimentos terico

prticos peditricos e desenvolvimento de normas de conduta clnica.

Considero que este estgio foi bastante enriquecedor pelo facto de que as

experincias vivenciadas permitiram o aprofundamento de conhecimentos, para que a

minha prtica de exerccio profissional num futuro breve seja confiante e segura.

Abstract

This report depicts the internship within the clinical practice of Pediatrics, that

belongs to the 6th

year of the Master in Medicine in FMUP.

This internship took place between October 18 and November 19, 2010, within

the time span of five weeks. Thus, during 4 weeks I attended daily the Medical

Pediatrics Service of Hospital So Joo, Porto, and during one week I visited the Health

Center of Ermesinde, where I followed consultations of child health, within the

framework of primary health care.

In this report, I will highlight the different approaches to children and

adolescents health care, the skills acquired and the relationship between knowledge and

skills of practice-based learning. An educational impact assessment of the internship is

also made in this report.

With the completion of this internship, I believe that I fulfilled the objectives

previously established about the acquisition and consolidation of Pediatrics theoretical

and practical knowledge and the development of clinical skills.

I believe that this internship was very enriching because the experience allowed

the deepening of my understanding for a more confident and secure professional activity

in the near future.

4

ndice

Introduo e Enquadramento ................................................................................................. 7

Objectivos ............................................................................................................................... 9

A Pediatria no Hospital de So Joo .................................................................................... 10

Servio de Pediatria Mdica ................................................................................................. 10

Servio de Urgncia Peditrica ............................................................................................. 11

Consulta Externa ................................................................................................................... 11

Dados Estatsticos ................................................................................................................. 11

Descrio das Actividades ..................................................................................................... 13

Reunies de Servio ............................................................................................................. 14

Internamento ......................................................................................................................... 14

Servio de Urgncia .............................................................................................................. 15

Consultas Externas................................................................................................................ 16

Centro de Sade .................................................................................................................... 18

Concluso ................................................................................................................................ 20

Bibliografia ............................................................................................................................. 22

Anexos

Anexo A Tema Apresentado: Diabetes Mellitus

Anexo B Histria Clnica

Apndices

Apndice A Caderno de Estgio

5

Lista de Abreviaturas e Siglas

CE Consulta Externa

CPP Cuidados Primrios Peditricos

CS Centro de Sade

FMUP Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

HSJ Hospital de So Joo

IO Idade ssea

ITU Infeco do Trato Urinrio

TAC Tomografia Axial Computadorizada

UAG Unidade Autnoma de Gesto

UPIP Urgncia Peditrica Integrada do Porto

UPP Urgncia Peditrica do Porto

VC Velocidade de Crescimento

n Frequncia Absoluta

u - Unidade

% - Percentagem

6

Lista de Tabelas

Tabela 1 Unidade Autnoma de Gesto da Mulher e da Criana

Tabela 2 Movimento Assistencial do Internamento dos Servios

Tabela 3 Movimento Assistencial do Servio de Urgncia Peditrico

Tabela 4 Programa das Actividades

Tabela 5 Doentes observados no Internamento

Tabela 6 Doentes observados no Servio de Urgncia

Tabela 7 Doentes observados na Consulta Externa

7

Introduo e Enquadramento

Desde a antiguidade reconhece-se que as doenas das crianas so especficas e

especiais (1). No que diz respeito prestao de cuidados, existem diferenas fundamentais

entre os cuidados de sade nas crianas e nos adultos, os quais requerem conhecimentos

especiais, ticos e sempre baseados nas relaes de empatia. A prtica em Pediatria

caracterizada pela importncia dada a temas menos relevantes no cuidado dos adultos, como a

gentica, anomalias congnitas, vacinas, entre outros. A sua caracterstica principal e

especfica a de se dirigir ao indivduo em constante e contnuo crescimento bem como a

garantia dada criana, quer seja saudvel ou portadora de deficincia, a sua entrada na vida

adulta num estado ptimo de desenvolvimento (2).

Em Portugal, 15,2% (1 616 900) da populao jovem (com menos de 15 anos de

idade) e ocorreu, em 2009, uma subida da taxa de mortalidade infantil, para 3,6%, o que

contrariou a longa trajectria descendente deste indicador (3,4). Com o aparecimento da

obesidade e de certas doenas como a diabetes e a dislipidmia entre os jovens, h um risco

de uma queda substancial da esperana mdia de vida. As drogas, o tabaco e o abuso de lcool

so frequentes entre os jovens, tanto nas sociedades mais ricas como nos pases em

desenvolvimento. Os jovens esto tambm expostos a grandes riscos de contrair doenas

sexualmente transmissveis. Os responsveis pela sade dos adolescentes devem ser vistos

como a oportunidade mais importante para o tratamento precoce dos problemas emergentes e

para a preveno de problemas de sade atravs da educao dos jovens sobre o que se

entende por uma vida saudvel e incutir o desejo de ter uma.

Ao contrrio de outras especialidades mdicas, grande parte da prtica em Pediatria

envolve os cuidados primrios, ou seja, a vigilncia da criana normal integrada na sua

famlia, comunidade e escola, e os cuidados preventivos. Em Portugal existem 1542 pediatras,

com uma distribuio claramente no homognea, aonde, por exemplo, no Alentejo existem

apenas 56 pediatrias (5,6,7,8,9). Alm do referido, em Portugal, os cuidados primrios

peditricos (CPP), na generalidade dos casos, so assegurados por mdicos de Medicina Geral

e Familiar, mdicos cuja formao peditrica tem a durao, em mdia, de 4 meses e,

geralmente, realizada em ambiente hospitalar no qual as crianas saudveis ou com

patologias minor so raramente vistas (10).

Com o objectivo de identificar as d

Recommended

View more >