seu lugar . 10 edi§£o

SEU LUGAR . 10 Edi§£o
SEU LUGAR . 10 Edi§£o
SEU LUGAR . 10 Edi§£o
SEU LUGAR . 10 Edi§£o
Download SEU LUGAR . 10 Edi§£o

Post on 28-Mar-2016

219 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Boletim informativo do Grupo Artes

TRANSCRIPT

  • Boletim informativo do Grupo Artes / 10 Edio / Janeiro 2013

    Pgina 3

    Home studioIsolamento acstico permite que msicos tornem real o sonho do estdio em casa, sem incomodar os vizinhos

    AvanoARTES CONSTRUTORA passa a adotar moderno sistema de gesto integrada para a engenharia civil

    Pgina 2

    Antes de embarcar no prximo voo, con ra dicas para se portar com elegncia em avies e evitar situaes constrangedoras em pases estrangeiros

    PORTALGRUPOARTES.COM.BR

    FACEBOOK.COM/PORTALGRUPOARTES

    Nesta Edio+Agenda Cultural 02

    Cliente Artes 04

    Dicas Artes Prime 04

    Encerramento Campanha de Natal 04

    Servio: Agni Melo: www.artedearrumar.com.br | Viajante Chic (Gloria Kalil). Editora Agir | ARTES PRIME: (31) 3372-0530

    O ato de viajar geralmente est associado a momentos de lazer, descanso, encontros e descobertas. Mas estar a bordo de um avio tambm pressupe a convivncia temporria com pessoas de todos os tipos, com gostos e hbitos diferentes. Para driblar situaes embaraosas durante o voo, especialistas so unnimes em afi rmar que com bom senso e educao tudo se resolve.

    Segundo a consultora em etiqueta Agni Melo, respeitar o espao e a privacidade do outro passageiro a dica de ouro. Mantenha sempre que possvel o cotovelo junto ao corpo e no incomode quem estiver lendo, trabalhando ou com os olhos fechados. Se quiser reclinar a sua poltrona, verifi que se o passageiro sentado atrs de voc no est com a mesinha aberta, afi rma. Quando o assunto so as bagagens de mo, a jornalista e consultora de moda Gloria Kalil ensina no livro Viajante Chic que muito deselegante ser espaoso. Tome cuidado para no ocupar todo o bagageiro com suas bolsas e pacotes nem espalhar suas malas pelo cho ou no p do vizinho de poltrona. Nada chique, como aponta a autora, tambm permitir que a agitao de

    seus fi lhos incomode outros passageiros. Nesses casos, Gloria Kalil aconselha os pais a impedirem que as crianas fi quem chutando a poltrona da frente e sugere tentar distra-las com joguinhos e livros. Mas cuidado com equipamentos ruidosos e luminosos, enfatiza.

    O momento em que o avio pousa exige especial ateno. Levante-se sem pressa desnecessria, retire suas bagagens de mo com calma e sem perturbar os demais passageiros e no faa fi la no corredor do avio antes da sada ser autorizada, orienta a representante da agncia de viagens ARTES PRIME, Brbara Guimares.

    Em terraAo sarem do avio, viajantes deixam de ser

    passageiros e passam a ser turistas. Ento, comporte-se como tal. Em viagens, no h nada mais esnobe do que querer parecer um local, comenta Gloria Kalil em seu livro. E, segundo a consultora em etiqueta Agni

    Melo, no h nada mais deselegante do que ser um turista que no conhece os costumes e as leis

    principais do pas que se visita. Para evitar situaes inconvenientes em funo do choque cultural, prepare-se previamente para estar em um lugar com costumes muito diferentes do seu. Nos pases muulmanos, por exemplo, mulheres visitantes devem usar roupas que cubram braos e pernas. Mostrar a sola do sapato em pblico ofensa grave, portanto, cuidado ao cruzar as pernas, exemplifi ca Agni.

    No falar mal de pessoas, alm de ser uma eterna dica de etiqueta em qualquer situao, ganha muita importncia em viagens. O portugus uma lngua que tem muitas semelhanas com o espanhol, idioma falado em diversos pases, e muitos podem entender. E imagine seu constrangimento ao perceber que a pessoa sobre quem voc faz uma piada em voz alta tambm brasileira e entendeu perfeitamente o que voc disse? Portanto, melhor evitar, fi naliza a agente de viagens, Brbara Guimares.

    Etiqueta em viagens

  • 2Com a expanso da ARTES CONSTRUTORA e a necessidade crescente de integrar cada vez mais todos os departamentos da empresa, a construtora adquiriu h trs meses um software de gesto especializado em engenharia civil, construo e incorporao. O SIECON (Sistema Integrado Especializado em Construo), modelado e desenvolvido pela POLIVIEW, um E.R.P. (Enterprise Resource Planning) que abrange a anlise de viabilidade econmica e financeira do empreendimento, passando pelas reas de engenharia, suprimentos, finanas, comercial e contbil-fiscal e pelos setores de gerenciamento de relacionamento com o cliente, recursos humanos, qualidade e gesto de frotas.

    Segundo o gerente de operaes e financeiro da ARTES CONSTRUTORA, Felipe Bicalho, a aquisio do sistema tem o objetivo de otimizar todos os processos da empresa, estabelecendo uma comunicao direta, em tempo real, entre as obras e o escritrio central. Mais do que atender a uma demanda imediata, optamos em estruturar toda a informatizao da

    Software SIECON especializado no gerenciamento de processos da engenharia civil

    Festival Cachaa Gourmet 201336 restaurantes participantes 03/01 a 03/02Valores diversos.Mais informaes: www.festivalcachacagourmet.com.br

    9 Campanha de Popularizao do Teatro e da DanaEspaos diversos 05/01 a 04/03 Entrada: R$ 12,00 (por espetculo)Mais informaes: www.sinparc.com.br

    Vero Arte Contempornea 2013Espaos diversos - 11/01 a 03/02Entrada: Valores diversos e espetculos gratuitos.Mais informaes: www.veraoarte.com.br

    Ceclia BravoStonehenge Rock Bar - 26/01 - 23hEntrada: Masc. R$16,00 | Fem. R$ 13,00Mais informaes: www.stonehengerockbar.com.br

    Agenda Cultural

    Janeiro 2013 portalgrupoartes.com.br 2

    ARTES CONSTRUTORA implanta sistema de gesto integrada adotado pelas maiores incorporadoras do pas

    construtora vislumbrando um crescimento sustentvel para os prximos anos. O sistema tambm d segurana empresa por meio de senhas de acesso, conferncias eletrnicas, nveis de aprovao e uma srie de controles cruzados, comenta Felipe.

    De acordo com um dos diretores da POLIVIEW, Eduardo Meca, o SIECON tem usabilidade acessvel a pessoas de diversos nveis de formao educacional. Desde funcionrios do administrativo de obra, passando pelos engenheiros, diretores, contadores, compradores, pessoal do financeiro, recursos humanos, todos esto aptos a operar o sistema aps o treinamento que oferecemos aos clientes, revela Eduardo. O diretor da POLIVIEW explica, ainda, quais so os benefcios prticos da adoo do sistema pela ARTES CONSTRUTORA. O SIECON representa um ganho de agilidade e assertividade no gerenciamento de todos os processos. Ele contribui para eliminao da redigitao de um mesmo dado por vrios setores da empresa, para eliminao da confeco de relatrios

    em planilhas eletrnicas, para a padronizao dos processos, para gerar menos dependncia entre pessoas e para minimizar custos com ganho de eficincia nas operaes, aponta Eduardo Meca.

    Com a implantao do SIECON pela ARTES CONSTRUTORA todos saem ganhando. Os funcionrios passam a contar com uma ferramenta eficaz de trabalho que facilita o desenvolvimento de suas tarefas e amplia o seu potencial produtivo frente empresa. J os clientes so beneficiados com o aumento da garantia da qualidade do nosso produto, destaca Felipe Bicalho. Reconhecido nacionalmente como o melhor E.R.P. da rea de engenharia civil, o SIECON adotado por mais de 500 construtoras em todo o pas, a exemplo da CONARTES, em Belo Horizonte, conta Eduardo Meca. Em breve o sistema tambm ser adotado por outras empresas do GRUPO ARTES: a ARTES IMVEIS e a ARTES PRIME.

  • Janeiro 2013 portalgrupoartes.com.br 3

    Quando o sonho do msico deixa de ser o pesadelo do vizinho

    Home studio projetado pelo arquiteto de interiores Ed Alvarenga

    Servio: www.edalvarenga.com.br | www.ceciliabravo.com.br

    A banda Ceclia Bravo est produzindo novo EP em seu home studio. Leandro Matioli, baixista do grupo, quem opera os equipamentos.

    Projetos de decorao com isolamento acstico de ambientes permitem que estdios de msica sejam montados em casas e apartamentos

    Objeto de desejo da maioria dos msicos, um home studio pode tornar-se o pesadelo de quem reside prximo a um ambiente que no foi projetado para cumprir a funo de estdio musical. Para poderem realizar o sonho de gravar suas criaes e praticar suas canes preferidas com qualidade e sem incomo-dar os vizinhos, muitos msicos esto apostando na adaptao de um quarto ou de uma sala de casas e at de apartamentos em home studio, por meio de projetos de isolamento acstico. Com algumas modificaes e certo investi-mento possvel ter o seu cantinho musical e garantir a paz da vizinhana.

    O arquiteto de interiores Ed Alvarenga especialista no assunto. Ele j trabalhou com exclusividade para a Sony do Brasil e afirma ter perdido a conta de quantos ambientes com essa caracterstica criou por encomen-da da empresa. Hoje, alm de projetos diversos para interiores, Ed planeja home studios para celebridades e amadores da msica. Com mais de 20 anos de experincia, o arquiteto categrico ao afirmar que qualquer ambiente domstico pode ser transformado em um home studio. Para isso, claro, preciso fazer um revestimento acstico nas paredes, no piso e no teto. Ge-ralmente os materiais utilizados para esse fim so esteticamente feios, mas nada que um bom projeto de decorao no resolva, comenta Ed.

    A banda de rock mineira Ceclia Bravo realizou h alguns meses o so-nho de montar seu prprio estdio. Um quarto da casa do baixista Leandro Matioli foi o espao escolhido para receber o ambiente. Com orgulho, eles

    preparam no home studio o prximo EP do Ceclia Bravo, que ser lanado no fim de janeiro. J estamos na fase de finalizao do material e no recebemos, pelo menos at agora, nenhuma reclamao dos vizinhos!, brinca Leandro. Com orgulho, ele conta como prazerosa a experincia de produzir cada detalhe de uma cano no estdio prprio da banda. Poder fazer nosso EP exatamente do jeito que queremos e poder experimentar coisas novas algo que estamos cur-tindo muito. O fato de termos todo o tempo que queremos e de no precisarmos nos preocupar com as horas gastas em um estdio comercial tambm contribuiu