monogafia eliete pedagogia 2011

Download Monogafia Eliete pedagogia 2011

Post on 17-May-2015

1.414 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Pedagogia 2011

TRANSCRIPT

  • 1. 0UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEBDEPARTAMENTO DE EDUCAO CAMPUS VIISENHOR DO BONFIM BA.PEDAGOGIA 2006.1ELIETE FAGUNDES DE JESUSHISTRIA DE VIDA E FORMAO: MEMRIAS DE UMA INFNCIA SEMPERSPECTIVA FORMAO EM PEDAGOGIA SENHOR DO BONFIM BA MARO DE 2011

2. 1ELIETE FAGUNDES DE JESUSHISTRIA DE VIDA E FORMAO: MEMRIAS DE UMA INFNCIA SEMPERSPECTIVA FORMAO EM PEDAGOGIA Monografia apresentada ao departamento de Educao da Universidade do Estado da Bahia-UNEB/CAMPUS VII, como parte dos requisitos para concluso do curso de pedagogia:DocnciaeGestode Processos Educativos. Orientadora: Prof. Dr. Maria Glria da Paz SENHOR DO BONFIM BA MARO DE 2011 3. 2ELIETE FAGUNDES DE JESUSHISTRIA DE VIDA E FORMAO: MEMRIAS DE UMA INFNCIA SEMPERSPECTIVA FORMAO EM PEDAGOGIA Aprovada em: 17 de maro de 2011Prof. Dr. : Maria Glria da PazOrientadoraProf. Mestra: Edna FerreiraExaminadora Prof. Especialista: Ana Maria Campos DiasExaminadora 4. 3A Deus, pelo dom da vida e por seu amorincondicional, por sempre ter me dado forapara no desistir.A meu filho, Lucas Emanuel, por ser parte de mim.A minha me, Dejanira, que com sua coragem agrande responsvel por essa conquista.Ao meu pai, Evanio, pelo incentivoAos meus irmos, Marilza, Evaniel, JoseniceEvanice e Silvania, pelo apoio.Ao meu esposo, Manoel Neto pela dedicao,pacincia e companheirismo. 5. 4 AGRADECIMENTOSAgradeo primeiramente a Deus meu pai por estar sempre ao meu lado, e por tudoque me proporciona, sendo meu porto seguro, meu eterno agradecimento.A minha famlia pela compreenso nos momentos em que precisei estar ausente epor sempre ter acreditado em mim.Ao meu filho, Lucas Emanuel, razo do meu viver.A minha irm, Marilza, pela dedicao e carinho ao dividir comigo o papel de me deLucas, o meu muito obrigado.A professora Glria, co-autora na construo deste trabalho, meu sinceroagradecimento.Aos colegas de turma, em especial, Alice, Ccero Elaine, Elizangela e Simone, pelacumplicidade, compreenso, e amizade, que me serviram de ancora, em todos osmomentos, vocs moram no meu corao.A Lidiane, minha irm, amiga, e fiel escudeira pelo companheirismo.Aos professores: Beatriz, Ana Maria Suzzana Alice, Rita Braz, Claudia Maisa,Pascoal, Elizabeth Barbosa, Elizabeth, Joanita Moura, Simone Wanderley, Ozelito,Sanda Fabiana, Helder Lus, Jader Rocha, Rita Carneiro, Ricardo e Romilson pelosconhecimentos proporcionados, estaro sempre na minha memria.Aos colegas da turma de 2007 com os quais dividi este percurso, principalmenteAna Lcia, pelo apoio.A dona Rosi e seu Eduardo pela ajuda nos momentos que precisei.A minha prima, Suzana Fagundes, pela amizade e confiana. 6. 5A Valmir dos Santos pelo incentivo.A Dr. Eva, Dr. Hlio, Dr. Mariana pela fora, e compreenso.Aos colegas de trabalho da Defensoria Pblica e da Escola Jos de Anchieta com osquais compartilho muitos momentos.Aos irmos da Igreja Adventista do Stimo dia de Tijuau.Aos amigos Gabriela, Daniel, Fbio, Patrcia, Camila e Dr. Hlcio pela amizade, epalavras de incentivo.Aos amigos diretores, professores e funcionrios do Colgio Estadual de Senhor doBonfim, pela confiana demonstrada.Ao pessoal da biblioteca, Margarida, Maria, Rizia e Grazi, pela ajuda e pacincia.E a todos que, direta ou indiretamente contriburam para a efetivao deste trabalhoe fizeram e fazem parte da minha vida. 7. 6Ainda bem que o que eu vou escrever j deve estar na certa de algum modo escrito em mim.Clarice Lispector 8. 7RESUMOO presente estudo fruto da linha de pesquisa narrativa autobiogrfica e tem comoprincipal objetivo, tomando como pressuposto a minha histria de vida, trazer aolume a importncia da abordagem autobiogrfica como veculo educativo. Naproduo deste trabalho, utilizamos a abordagem biogrfica, atravs da narrativaautobiogrfica buscamos subsidio em algumas fontes escritas de vrios estudiosos,que nos deram sustentao dentre eles Josso (2004), ries (1981), Sousa (2006),Passegi (2008), Freire (1983) e outros mais que, discutem a relevncia da pesquisade si mesmo na formao pessoal e profissional como fonte de reflexo e avaliaode modo a propiciar novas posturas e aes. E como fonte oral me ancorei naminha prpria narrao.Palavras - chave: Memria Autobiogrfica - Infncia - Histria de vida eformao 9. 8 LISTA DE FIGURASFIGURA 01: Eliete Fagundes de JesusFIGURA 02: Mapa do Distrito de TijuauFIGURA 03: Vista da Praa Principal de Tijuau 10. 9SUMRIOINTRODUO...........................................................................................................11CAPTULO I...............................................................................................................12 1. Memria autobiogrfica: uma arte de tessituras de si..................................12 2. A infncia e suas vrias concepes de sculo a sculo.............................153. Histria de vida e formao: um ato de formar e de formar-se na e paravida..........................................................................................................................18CAPTULO II..............................................................................................................212. PROCEDIMENTOS METODOLGICOS..............................................................212.1 Abordagem biogrfica.......................................................................................212.2 Instrumentos utilizados no estudo...................................................................212.2.1 A Narrativa.........................................................................................................212.2.2 As fontes............................................................................................................222.2.3 Fontes orais.......................................................................................................222.2.4 Identificao da entrevistada.............................................................................222.2.5 Fontes escritas..................................................................................................232.3 O Local do estudo ou de onde estou falando: o meu lugar de nascimentomoradia......................................................................................................................24CAPTULO III.............................................................................................................283. CONTANDO A MINHA HISTRIA.........................................................................283.1 A INFNCIA: a descoberta do mundo e das pessoas, o primeiro contatocom a escola e com novas amizades.....................................................................283.1.1 Uma infncia entre doenas e trabalho.............................................................283.1.2 Trs bolaches e alguns restos de brinquedos venciam a tristeza do no ter, e ocupavam o seu lugar............................................................................................28 11. 103.1.3 Uma chuva forte: a casa caiu............................................................................293.1.4 Uma estratgia para conseguir ajudar em casa, trabalhar estudar...................303.1.5 Ir escola... ou aquilo que no tive quero dar a vocs.....................................303.1.6 Primeiras experincias escolares... classe multiseriada,motivo pelo qualaprendi a ler muito cedo...........................................................................................313.1.7 Os professores leigos e dedicados...................................................................323.1.8 Nem bem professora e j fora despedida.........................................................333.1.9 Em meio s dificuldades uma profecia.............................................................333.1.10 Estratgia de convivncia: um aluno passivo para uma professoradurona......................................................................................................................353.1.11 Chega o to sonhado ginsio..........................................................................363.2 A adolescncia: a organizao do meu universo, o surgimento dasprimeiras paixes.....................................................................................................373.2.1Escolaetrabalhoinfantil:uma experinciadeaprendizagens ediscriminao..............................................................................................................383.2.2 Magistrio... Mais barreiras... trabalhei como empregada domstica...............393.3 A fase adulta: as minhas primeiras experincias profissionais e o sonho deser me e professora ..............................................................................................413.3.1 A universidade: passei a viver outra realidade, outras portas se abriram.........423.3.2 Curso de pedagogia..........................................................................................43CONSIDERAES FINAIS.......................................................................................46REFERENCIAS..........................................................................................................48ANEXOS....................................................................................................................52 12. 11 INTRODUODepois de subir e descer sobre qual seria o tema da minha monografia, acada encontro com minha orientadora uma proposta diferente e nada (rs), foi entoque numa conversa meu desejo ntimo e a minha vontade de relatar um pouco daminha trajetria familiar e escolar falaram mais alto e decidimos ento que eu fariauma narrativa (auto) biogrfica.Por meio deste trabalho quero mostrar que uma infncia pobre e semperspectiva, no obstculo para ningum cruzar os braos e se conformar com odestino o eu no posso ou eu no consigo, meu pai ou minha me no me donada e o ningum me d uma oportunidade.Esse relato se mostra relevante uma vez que aqui se registram experinciasvivenciadas que ao invs de fazer-me desistir, me estimularam a fazer di