avaliaÇÃo na educaÇÃo fÍsica .a educação física mostra através da história que sua...

Download AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO FÍSICA .A Educação Física mostra através da história que sua importância

Post on 10-Dec-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

1

AVALIAO NA EDUCAO FSICA ESCOLAR: a abordagem desenvolvimentista

aplicada ao ensino do voleibol

Maria Aparecida Novaes1

Dalberto Luiz De Santo 2

Resumo

O objetivo do presente artigo consiste em apresentar os resultados da implantao de uma proposta de ensino e avaliao do contedo voleibol, pautada na abordagem desenvolvimentista. Tal abordagem visa respeitar o processo de crescimento e desenvolvimento humano e a existncia de aspectos especficos na aprendizagem motora que a diferem da aprendizagem dos demais domnios, bem como proporcionar ao aluno condies de que seu comportamento motor se torne mais fluente e harmonioso, atravs do aumento da diversidade e da complexidade das tarefas motoras. A escolha do voleibol se deu pela possibilidade de melhor explorar os pressupostos tericos da abordagem desenvolvimentista numa modalidade popular que exige dos seus participantes, ateno contnua na bola, bem como rapidez e gestos precisos. A partir destas formulaes, a interveno metodolgica constou de: avaliao diagnstica; realizao de aulas prticas e tericas sobre o voleibol; apostila para cada aluno contendo a descrio de todas as atividades; fichas de avaliao; exibio de vdeos e figuras sobre tcnicas do voleibol. Os instrumentos de avaliao utilizados atenderam a dimenso procedimental, conceitual e atitudinal. Especificamente na dimenso procedimental, foco deste relatrio, pde-se constatar, em relao ao fundamento do toque, que 26% dos alunos melhoraram, 39% precisaram de reforo e 35% no atingiram os resultados esperados para a idade. Referente manchete, 17% dos alunos apresentaram melhora, 39% precisaram de reforo e 44% no atingiram os resultados esperados para a idade. No domnio do saque, 57% dos alunos tiveram melhor desempenho, 30% precisaram de reforo e 13% no atingiram os resultados esperados para a idade. Os resultados obtidos permitiram ampliar a compreenso do professor de educao fsica para que ele no se restrinja a uma nica abordagem de ensino, mas ao uso crtico e ponderado de diferentes teorias, considerando o estgio de desenvolvimento dos alunos e dos contedos ministrados.

Palavras-chave: abordagem desenvolvimentista; voleibol; avaliao da aprendizagem; educao fsica.

1 Professora de Educao Fsica, ps-graduada em Administrao, Superviso e Orientao Educacional,

Professora do Colgio estadual Nossa Senhora de Lourdes Participante do PDE 2010 2 Professor Mestre em Educao Fsica, orientador pela UEL Universidade Estadual de Londrina

2

1 Introduo

A proposio deste estudo vinculou-se filosofia do Programa de

Desenvolvimento Educacional desenvolvido pela Secretaria de Estado de Educao

do Paran, e partiu do pressuposto de que a educao pressupe uma constante

evoluo, ao mesmo tempo em que busca uma formao integral do homem com o

objetivo de garantir que cada sujeito possa participar de maneira autnoma, crtica,

criativa, participativa e transformadora na realidade na qual est inserido (SAVIANI,

2009).

Se a escola possui a funo de preparar o aluno para que ele seja um

cidado crtico da sua realidade e do mundo que o cerca, a Educao Fsica

tambm tem como objetivo contribuir para essa formao, por meio de seus

contedos, oferecendo aos alunos tambm condies de desenvolver o prprio

potencial motrio, atravs da diversidade e complexidade dos movimentos.

As Diretrizes Curriculares do Estado do Paran (DCE), no intuito de [...]

situar historicamente a Educao Fsica no Brasil, fazem meno aos movimentos

que a construram como componente curricular, expondo a trajetria da disciplina

(PARAN, 2008).

A Educao Fsica mostra atravs da histria que sua importncia sempre

foi percebida, porm, por conta dos interesses de cada momento histrico, poltico e

econmico, foi manipulada no intuito de atender aos objetivos de grupos ou projetos

sociais especficos.

Segundo as DCE (PARAN, 2008), nas ltimas dcadas, surgiram algumas

abordagens ou correntes de ensino da Educao Fsica, dentre as quais se destaca

a desenvolvimentista, que estabelece o movimento como o principal meio e fim da

Educao Fsica. Desenvolvida conceitualmente a partir da dcada de 1970, por

diferentes autores, dentre os quais Gallahue, foi difundida no Brasil principalmente a

partir de 1988, por meio dos trabalhos do Laboratrio de Comportamento Motor da

USP e da obra Educao Fsica na Abordagem Desenvolvimentista de Tani, Manoel,

Kokobun e Proena (1988).

Esses autores defendem que o professor pode e deve buscar nos

conhecimentos dos processos de ensino, de crescimento e de desenvolvimento

humano a fundamentao terica necessria para tomar decises quanto aos

3

objetivos a serem alcanados, princpios metodolgicos a serem adotados,

estruturao das tarefas de aprendizagem e, finalmente, selecionar mtodos e

instrumentos adequados avaliao de cada turma ou aluno (BRASIL, 1997).

Embora a necessidade de garantir a aprendizagem motora, nas aulas de

educao fsica, esteja intrinsecamente relacionada aos procedimentos

educacionais convencionais, planejamento, contedo, mtodo etc., observam-se

inmeras vezes que o professor no sabe por onde comear, ou seja, no sabe

como estabelecer os objetivos ou selecionar os contedos no seu planejamento; ou

mesmo quando adota um mtodo de ensino acaba deixando os contedos para um

segundo plano. Quando ento, se fala em avaliao, o quadro torna-se ainda mais

crtico no que tange a: Por que avaliar? O que avaliar? Como avaliar? Quais os

mtodos e instrumentos a serem utilizados para avaliar? Estas, entre outras

questes de avaliao da aprendizagem, geralmente no so refletidas e muito

menos discutidas pelos profissionais da rea.

Assim, com o intuito de resgatar o real significado da avaliao prtica na

disciplina de Educao Fsica, no processo ensino-aprendizagem, a intencionalidade

do trabalho voltou-se para o estudo das estratgias de ao para o

acompanhamento e a verificao da aprendizagem de aes e habilidades motoras

dos alunos inseridos numa turma de 5 srie do ensino fundamental, matriculados no

Colgio Estadual Nossa Senhora de Lourdes, no perodo vespertino, no segundo

semestre do ano letivo de 2011, na cidade de Londrina-PR.

A proposio das atividades amparou-se na necessidade de garantir aos

alunos da referida srie o direito de acesso e de reflexo sobre as prticas

esportivas, alm de adapt-los realidade escolar. Nesse sentido, as atividades

realizadas ao longo da implantao da Proposta Didtico-Pedaggica (PDP) no se

limitaram ao fazer corporal. Ao trabalhar o contedo estruturante Esporte, a

proposta aplicada selecionou o voleibol, assumindo a mesma posio defendida

pelas DCE, segundo as quais o esporte entendido:

[...] como uma atividade terico-prtica e um fenmeno social que, em suas vrias manifestaes e abordagens, pode ser uma ferramenta de aprendizado para o lazer, para o aprimoramento da sade e para integrar os sujeitos em suas relaes sociais (PARAN, 2008, p. 63).

4

Deste modo, o ensino do esporte pode propiciar ao aluno no s uma leitura

de sua complexidade social, histrica e poltica, mas, como indivduo, a possibilidade

de apropriar-se do seu movimento como forma de expresso, comunicao e

superao pessoal de novos desafios, sejam eles de qualquer ordem, mas, em

especial os motores.

Neste sentido, este artigo traz como objetivo analisar as implicaes da

abordagem desenvolvimentista do ensino do voleibol, resultante da adoo de uma

proposta de avaliao que contemplou os domnios conceituais, procedimentais e

atitudinais.

1.1 A Educao Fsica e a Abordagem Desenvolvimentista

A abordagem desenvolvimentista mencionada principalmente nos

trabalhos de Tani et al. (1988) e Gallahue e Donnelly (2008).

A proposta apontada por Tani et al. (1988) busca nos processos de

aprendizagem e desenvolvimento uma fundamentao para a Educao Fsica

Escolar. Segundo os autores, uma tentativa de distinguir o progresso normal do

crescimento fsico, do desenvolvimento fisiolgico, motor, cognitivo e afetivo-social,

na aprendizagem motora. Em funo de tais caractersticas, sugerem aspectos

relevantes para a estruturao da Educao Fsica Escolar. Defendem tambm que

o movimento o principal meio da Educao Fsica e sua principal funo no est

em desenvolver capacidades de auxiliar a alfabetizao e o pensamento lgico-

matemtico, muito embora tal procedimento possa vir a ocorrer como um subproduto

da prtica motora.

Essa abordagem objetiva, ainda, o desenvolvimento das potencialidades

motoras do ser humano, sendo funo do professor atender as expectativas e

necessidades das crianas, proporcionando oportunidade para que elas as

desenvolvam.

Contudo, cabe advertir que a separao entre a aprendizagem do

movimento da aprendizagem atravs do movimento apenas possvel no nvel do

conceito e no do fenmeno, ou seja, devido capacidade de controlar os

5

movimentos h uma facilitao da explorao de si mesmo, contribuindo ao mesmo

tempo, para um melhor controle e aplicao do movimento (TANI et al., 1988).

Dentro desta abordagem, a ao motora (ou ao motria) um de seus

conceitos mais importantes, pois atravs dela que os seres humanos interagem e

se a