pontifÍcia universidade catÓlica de...

of 19 /19
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL Relatório de Estágio Supervisionado Karla Gomes Pio Corrêa Goiânia, 2013/2

Author: trinhkhue

Post on 24-Feb-2018

213 views

Category:

Documents


1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • PONTIFCIA UNIVERSIDADECATLICA DE GOIS

    DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL

    Relatrio de Estgio Supervisionado

    Karla Gomes Pio Corra

    Goinia, 2013/2

  • PONTIFCIA UNIVERSIDADECATLICA DE GOIS

    DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL

    Relatrio de Estgio Supervisionado

    Karla Gomes Pio Corra

    Relatrio de Estgio, apresentado como requisito na disciplina de Estgio Supervisionado no curso de graduao de Engenharia Civil da Pontifcia

    Universidade Catlica de Gois, sob orientao do professor Clevrson Gomes Cardoso.

    Orientador: Professor Clevrson Gomes Cardoso

    Eng Civil: Carlos Rogrio Mendes Porto

    Goinia, 2013/2

  • Estgio Supervisionado

    Karla Gomes Pio Corra

    Relatrio de Estgio, apresentado como requisito na disciplina de Estgio

    Supervisionado no curso de graduao de Engenharia Civil da Pontifcia

    Universidade Catlica de Gois, sob orientao do professor Clevrson Gomes

    Cardoso.

    Aluna: Karla Gomes Pio Corra

    _______________________________________________________________

    Eng Civil Responsvel: Carlos Rogrio Mendes Porto

    Prof Orientador: Clevrson Gomes Cardoso.

    Goinia, 2013/2

  • SUMRIO

    INTRODUO....................................................................................................5

    1 - HISTRICO DA EMPRESA...........................................................................6

    2 - OBJETIVOS DO ESTGIO ...........................................................................7

    2.1 - ATIVIDADES DESENVOLVIDAS................................................................7

    2.2 - FORMAS DE ACOMPANHAMENTO .......................................................12

    CONCLUSO....................................................................................................14

    REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS..................................................................15

    ANEXOS...........................................................................................................16

  • INTRODUO

    Esse relatrio tem como objetivo principal, apresentar Pontifcia

    Universidade Catlica de Gois PUC, a descrio das atividades realizadas

    por acadmica na condio de estagirio, registrando as vivncias profissionais

    na rea da engenharia civil, tais como levantamentos e oramentos e demais

    correlatas ao acompanhamento dirio das obras da Universidade Federal de

    Gois UFG, campus Samambaia, Blocos A e B e na Sede OAB Subseo

    Anpolis.

    No captulo 1 encontra-se um breve histrico da empresa acolhedora,

    em seguida, no captulo 2, expem-se sobre o objetivo do estgio, as

    atividades desenvolvidas com registros apurados e as formas de

    acompanhamento, evoluindo assim para as concluses.

    1 HISTRICO DA EMPRESA

    A Portal Servios e Locaes LTDA, com nome fantasia Portal

    Engenharia, localizada na Avenida Independncia N. 755, Qd. K Lt. 8, Vila

    Santa Izabel, nesta capital. Foi criada em 17 de dezembro de 2007, tendo

    como objetivo o ramo de prestao de servios na rea de construo civil,

    manuteno, reparo e reformas prediais, instalaes eltricas, equipamentos e

    obras civis em subestaes energizadas ou no, redes eltricas rurais e

    urbanas, servios de reparos hidrulicos, eltricos, pintura e carpintaria em

    residncias ou estabelecimentos civis ou empresariais, construo de imveis

    e obras de engenharia em geral, inclusive na condio de subempreitada

    global ou parcial.

    A administrao atual est na responsabilidade do Eng Civil Carlos

    Rogrio Mendes Porto. A empresa prima pela qualidade e rapidez de suas

    obras e apresenta-se especializada no segmento de obras pblicas federais,

    com vasta experincia na execuo de contratos licitatrios.

  • 2 OBJETIVOS DO ESTGIO

    Oportunizar ao estudante uma convivncia com os problemas

    reais do exerccio profissional num confronto direto entre a teoria

    e a prtica.

    Exercitar a capacidade do aluno de observar, organizar, planejar

    e propor solues em situaes reais de projeto e execuo, com

    a orientao de professor, sob superviso do coordenador de

    campo.

    2.1 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

    Na empresa citada inicialmente neste relatrio, foram oportunizadas, em

    momentos distintos, estgio em duas obras:

    a) UFG Campus Samambaia (Blocos A e B) Goinia/GO

    b) Sede OAB Subseo Anpolis Anpolis/GO

    Sinteticamente, foi possvel desenvolver as seguintes atividades:

    Oramento de obras civis com apresentao de cronograma

    fsico-financeiro;

    Pesquisa e compra de materiais para as obras;

    Acompanhamento dirio da obra com apresentao de relatrio

    semanais;

    Gesto de recursos humanos em canteiro de obra.

    Na UFG, destacacamos que quando l chegamos, a obra j se

    encontrava em andamento e uma das necessidades era executar o

    levantamento completo da obra, observando o projeto, os possveis erros at

    ento cometidos e propor com os menores desgastes possveis, solues e

    adequaes. Na ocasio, tivemos a rica experincia de acompanhar a

    execuo das formas para construo da laje da rampa integrante do projeto. A

    execuo da impermeabilizao, bem como o teste de estanqueidade e

  • caimento na proteo mecnica da laje. A concretagem da laje da caixa dgua

    tambm foi foco de nosso trabalho, alm da realizao de levantamento e

    quantificao de materiais j utilizados na obra e o quantitativo dos materias

    necessrios ao acabamento, conforme planilhas em anexo.

    Planta da Obra da UFG Campus Samambaia Frente Obra da UFG, Campus Samambaia, Goinia

    Frente da Obra UFG Execuo da Rampa (Laje)

  • Armao das Ferragens na Rampa Incio do Reboco Entrada Principal da Obra

    Teste de Estanqueidade da Proteo Mecnica (Impermeabilizao)

  • Finalizao da Estrutura Metlica Telhado

    Incio da Execuo do Cobrimento da Obra - Telhado

    No caso da Sede da OAB as atividades desenvolvidas concentraram-se

    mais no levantamento e oramento da obra, o acompanhamento da execuo,

    devido a questo geogrfica e fator tempo foi delegada ao profissional local.

  • Fachada Sede OAB Subseo Anpolis

    Projetos Sede OAB Subseo Anpolis

  • Projetos Sede OAB Subseo Anpolis

    Pavimento Trreo 1 - Sede OAB Subseo Anpolis

  • Pavimento Trreo 2 - Sede OAB Subseo Anpolis

    2.2 FORMAS DE ACOMPANHAMENTO

    Sendo o estgio uma preparao para o mercado de trabalho, pois

    apresenta a realidade da atuao do engenheiro civil, de forma geral,

    consideramos que o mesmo caracterizou-se produtivamente.

    As atividades desenvolvidas foram acompanhadas por profissionais

    atuantes, aptos e responsveis, prontos a esclarecer dvidas e

    questionamentos a cerca das atividades desenvolvidas em campo.

    A vivncia contribuiu para uma maior familiarizao com o processo

    construtivo e as vrias etapas que o compem, auxiliando na interpretao e

    entendimento da sequncia correta de execuo. Tambm foram detectadas

    algumas dificuldades e necessidade de melhoria nos mecanismos de

    comunicao entre os colaboradores no canteiro da obra, bem como a imensa

    dificuldade em se conseguir mo de obra qualificada e constante em tal tipo de

    empreendimento.

  • Ressalta-se a importncia da figura do coordenador de estgio, pois o

    mesmo contribui de forma significativa, emprestando sua experincia e

    profissionalismo esta ferramenta de aprendizagem. O acompanhamento do

    professor orientador foi dado por encontros semanais na universidade.

  • CONCLUSO

    Ao trmino deste relatrio, entende-se que a teoria e a prtica se

    completam e, sendo assim, de maneira alguma poderia o acadmico eximir-se

    de tal experincia.

    Em canteiros de obras, a presena do engenheiro de vital importncia

    para o bom andamento do projeto executado, atuando como um gerente,

    promovendo interao e facilitando o fluxo de informaes e esclarecimentos

    necessrios aos executores, visando celeridade e fidelidade ao projeto.

    Obras so caracterizadas por processos muito dinmicos e

    interdependentes que, como um conjunto de engrenagens, precisam trabalhar

    sincronizadas e harmonicamente.

    Ressalte-se a importncia de, constantemente, promover o

    planejamento, o desenvolvimento, a correo e a avaliao dos processos

    para, assim, primar pela qualidade e satisfao do cliente, seja ele interno ou

    externo.

    A vivncia do estgio supervisionado promoveu, ainda mais, a

    conscientizao do quanto o profissional da engenharia civil, em todas as suas

    reas de atuao, deve atentar para sua responsabilidade e estar alinhado com

    as diretrizes propostas em cada projeto a ser executado.

  • REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS

    NBR 8800/08 - Projeto de estruturas de ao e de estruturas mistas de ao e

    concreto de edifcios.

    NBR 12722/92 - Discriminao de servios para construo de edifcios.

    NBR 5410/04 - Instalaes eltricas de baixa tenso.

    NBR 8160/99 - Sistemas prediais de esgoto sanitrio - Projeto e execuo.

    NBR 5626/98 - Instalao predial de gua fria.

    NBR 5419/05 - Proteo de estruturas contra descargas atmosfricas.

    NBR 12721/05 Avaliao de custos unitrios de construo para

    incorporao imobiliria e outras disposies para condomnios edifcios

    Procedimento.

    Campos, Alberto, Prtica das pequenas construes 8 edio. Edgard 1996, So Paulo

    Chaves, Roberto, Manual do construtor 18 edio. Ediouro 1995, So Paulo

  • ANEXOS

    1- OBRA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIS UFG, CAMPUS SAMAMBAIA EM GOINIA/GO

    2- OBRA SEDE ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL- OABAB, SUBSEO EM ANPOLIS/GO

  • ANEXO 1

    OBRA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIS UFG, CAMPUS SAMAMBAIA EM GOINIA/GO

  • ANEXO 2

    OBRA SEDE ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - OAB SUBSEO EM ANPOLIS/GO