avalia†ƒo fisioteraputica neurol³gica

Download AVALIA‡ƒO FISIOTERAPUTICA Neurol³gica

Post on 11-Jul-2015

661 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

FISIOTERAPIA NEUROLGICA

FISIOTERAPIA NEUROLGICA

Ou fisioterapia neurofuncional bastante difundida no meio; Surgiu na dcada de 40 com alguns pesquisadores como Bobath, Kabat, Knott, Brunnstron

FISIOTERAPIA NEUROLGICA

Antigamente, baseava-se apenas em informaes empricas e experincias clnicas. Hoje a atuao tem base nos conceitos neurofisiolgicos obtidos em pesquisas intensas e rduo trabalho, direcionando-se o tratamento para a recuperao funcional mais rpida possvel.

Aqui no Brasil.....

Por muito tempo, pacientes neurolgicos eram tratados com tcnicas de cinesioterapia tradicional e mecanoterapia em grandes ginsios da mesma forma que os pacientes ortopdicos. Hoje, com as modernas tcnicas e mtodos e com o aprimoramento constante dos profissionais com cursos de aperfeioamento, essa rea da fisioterapia obtm grandes resultados.

REABILITAO NEUROLGICA

O acomentimento/ doena neurolgica de um paciente determina, muitas vezes, disfunes mltiplas e incapacidades. demanda um trabalho em equipe de sade multiprofissional visando sua reabilitao. Os profissionais geralmente envolvidos neste trabalho so: mdicos neurologistas, geneticistas e ortopedistas; fisioterapeutas neuro funcionais; terapeutas ocupacionais; fonoaudilogos; psiclogos; psico-pedagogos; enfermeiros

FISIOTERAPIA NEUROFUNCIONAL

Minimiza as deficincias advindas das doenas que acometem o sistema nervoso como:

Acidente Vascular Enceflico (derrame cerebral), TCE, Esclerose Mltipla, doena de Parkinson

.

FISIOTERAPIA NEUROFUNCIONAL

A reabilitao tem como intuito restaurar a identidade pessoal e social dos pacientes que sofreram leses no crtex, tronco cerebral, medula espinhal, nervo perifrico, juno neuromuscular e no msculo, buscando o bem estar fsico e emocional do indivduo. Restaurao ou readaptao da funo motora grossa e fina e dos processos sensoriais.

FISIOTERAPIA NEUROFUNCIONAL

Utiliza

mtodos de inibio dos padres, tnus e movimentos patolgicos; facilitao dos normais e apredizagem destes, gerando a funo.

FISIOTERAPIA NEUROFUNCIONAL: OBJETIVOS

Prevenir deformidades, orientar a famlia e o paciente seja ele adulto ou criana, Normalizar o tnus postural, Melhorar habilidades cognitivas e de memria, Reintegrar o paciente a sociedade, Diminuir padres patolgicos,

FISIOTERAPIA NEUROFUNCIONAL: OBJETIVOS

Prevenir instalao de doenas pulmonares ou qualquer outra intercorrncia, Manter ou aumentar a amplitude de movimento, Reduzir a espasticidade, Estimular as atividades de vida diria, a alimentao, o retreinamento da bexiga e intestinos, a explorao vocacional e de lazer; Otimizar a qualidade de vida do paciente.

As clulas cerebrais no se renovam e no se regeneram rea, extenso, idade, danos resultantes, funo das clulas afetadas

EQUIPAMENTOS : POSICIONAMENTO

EQUIPAMENTO: TREINO DE MARCHA

EQUIPAMENTO: AUXILIADORES DA MARCHA

LOCOMOTORES

DOENAS NEUROLGICASE SUAS DISFUNES MLTIPLAS

TERMOS PARA CLASSIFICAR INCAPACIDADES PLEGIA

= AUSNCIA TOTAL DE MOVIMENTOS = AUSNCIA PARCIAL DE MOVIMENTOS

PARESIA

TERMOS PARA CLASSIFICAR QUAL LOCAL DO CORPO ACOMETIDO Hemi

= lado do corpo (Membro superior e inferior). ou Di = Membros inferiores (MMII)

Para

Tetra

ou Quadri = todos membros acometidos (MMSS e MMII)

AVC: DERRAME CEREBRALOcorre por falta de circulao de sangue suficiente em uma determinada rea do crebro (isquemia) ou por rompimento de uma artria no vaso (hemorragia). As clulas cerebrais no se regeneram.O individuo geralmente fica com um lado do corpo paralisado: hemiplegia = lado do corpo (hemdio) totalmente paralisado.

AVC: DERRAME CEREBRAL

Pode tambm ter dificuldade de fala, memria. Seus movimentos ficam prejudicados inclusive a marcha, sentar, e outros.... Tratamento Fisioterpico: A reabilitao na hemiplegia iniciada logo aps o AVC para fazer com que o paciente saia da cama e consiga realizar suas atividades mais independentemente possvel.

TCE: Traumatismo CranianoOcorre diante de algum trauma, lesando o crebro podendo levar o paciente ao coma e dficits fsicos e incapacidade posteriormente. A depender da rea, da extenso e do local, o paciente pode ficar s com uma lado do corpo ou at mesmo todo corpo paralisado.

Hemiplegia =lado do corpo (hemdio) totalmente paralisado. Paraplegia = Membros inferiores totalmente paralisado. Tetraplegia =todo do corpo (4 membros) totalmente paralisado.

TCE: Traumatismo Craniano

Tratamento Fisioterpico: A preveno de contraturas, a manuteno da funo respiratria, a diminuio da elasticidade, a melhora da amplitude de movimento, a normalizao de movimento e do tnus postural e o reforo das habilidades remanescentes sero as prioridades neste caso.

Doena de Parkinson:Doena que degenera o crebro. O paciente apresenta: movimentos lentos (bradicinesia), tremidos, rigidez muscular, alteraes posturais e quedas freqentes.

Tratamento Fisioterpico: O principal objetivo nesta patologia trabalhar alongamento para melhorar amplitude do movimento, alinhar e melhorar a postura, treinar a marcha (com oscilao dos membros superiores), estimular reaes de equilbrio, treinar sentar e levantar de cadeiras, extenso e rotao do tronco. Os exerccios especficos e regulares so de fundamental importncia para manter o paciente forte, flexvel e funcional.