“fazendo arte atravÉs da educaÇÃo ambiental, com

Download “FAZENDO ARTE ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL, COM

Post on 07-Jan-2017

216 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • FAZENDO ARTE ATRAVS DA EDUCAO AMBIENTAL,

    COM TEATRO, DANA E ARTESANATO:

    Projeto Educativo e Cultural

    Refletindo e Trabalhando a Educao Ambiental com Educadores

    Autora: Fernanda da Silveira Souza E-mail: fernandasantosdumont@yahoo.com.br

    Co-autoras: Annaelise Fritz Machado: annaelisefritz@yahoo.com.br

    Valria Viera Marques Garcia e-mail: valeriamarquesgar@hotmail.com

    O mundo atualmente vive num processo extremamente acelerado e competitivo. Vivemos

    numa sociedade em que a mdia nos leva a consumir cada vez mais. Todos os dias so

    colocados novos produtos no mercado criando novas necessidades de consumo. E, quanto

    mais se fabricam mais se consome, mais recursos naturais e enrgicos so utilizados e o

    volume do lixo enviado aos aterros cresce cada vez mais. Na educao, torna-se necessria

    uma reestruturao progressiva das culturas que ao longo da histria, investiram em processos

    que implicaram no empobrecimento do aumento dos recursos e das fontes bsicas da vida.

    Nesse sentido, a educao ambiental apresentada como um instrumento de minimizao e/

    ou de soluo dos problemas ocasionados pelo lixo.

    Para tratar os problemas referentes a produo de lixo devemos refletir sobre a estrutura do

    consumo, sobre os indivduos movidos pelos estmulos originrios da cultura que todos

    preservam e reproduzem se preparando ao longo da vida para consumir, competir e atingir o

    progresso.

    O uso da reutilizao do lixo seco em atividades educativas no somente para fazer

    economia. Ao usar o lixo, devemos ter em mente: o valor do trabalho com as mos, a

    conscincia de fazer para aprender, o estudo de nossa realidade, a criatividade, a criticidade e

    a reflexo sobre o material que est sendo trabalhado. Usar o lixo seco como atividade

    educativa deve ser uma maneira de transformar aquilo que nos incomoda em algo que

    contribua para transformar a nossa realidade.

    O Projeto Educativo e Cultural FAZENDO ARTE ATRAVS DA EDUCAO

    AMBIENTAL, COM TEATRO, DANA E ARTESANATO mediador entre os

    responsveis pela educao escolar/cultural, onde exibido, entre os seus participantes,

    atravs de uma programao elaborada dinamicamente dentro dos PCNs: ARTE e MEIO

    AMBIENTE, e dos objetivos que os educadores buscam alcanar em seus alunos.

  • 2

    A oficina tem como objetivos propiciar comunidade escolar reflexes a respeito da

    problemtica do lixo; capacitar multiplicadores para implementao de aes que visem a

    gesto integrada de resduos; buscar multiplicadores para processo de

    educao/conscientizao da populao sobre a importncia da reduo, reutilizao e

    reciclagem de resduos; sensibilizar os educadores sobre a importncia da educao

    ambiental; desenvolver hbitos de respeito e preservao do meio ambiente; conhecer

    algumas possibilidades para a confeco de materiais ldicos/pedaggicos; permitir aos

    educandos fazer uma avaliao a respeito da necessidade de se pensar na qualidade de vida e

    das relaes em grupos sociais; dar vida a um momento permitindo que se transformem

    sentidos das atividades escolares em algo prazerosos; realizar atividades prticas que permita

    ao aluno ser agente transformador e preservador do meio ambiente; adquirir habilidades para

    trabalhar com sucatas.

    Dentre as atividades prticas encontram-se atividades que permitem conhecer a si prprio

    para a valorizao do outro como a atividade Mapeando o corpo, na qual os participantes

    reconhecem o prprio corpo a partir do corpo do outro e fazem uma reflexo sobre seus

    valores intrnsecos. Com a atividade denominada Algo em comum, objetiva-se que os

    educadores possam ampliar seus conhecimentos sobre como agem os animais, refletindo

    sobre eles e o que podem ter em comum se comparado com o meio no qual vivemos, fazendo

    uma associao do que ocorre no meio ambiente (mundo animal) e no ambiente educacional

    enfatizando as problemticas de incluso e excluso. Construindo brinquedos pedaggicos

    com sucatas, possibilita que os educadores reutilizem materiais que seriam destinados ao lixo

    e possam exercitar sua criatividade e troca de conhecimentos. Outras atividades como

    Incndio na Floresta e Histria continuada exercitam a memria, ateno, coordenao

    motora, criatividade e agilidade, fatores que devem ser trabalhados constantemente com os

    educandos para auxiliar seu desenvolvimento. O Teatro com brinquedos de sucata, propicia o

    exerccio da criatividade elaborando textos, assim como, reutilizando sucatas, alm de

    exercitar o cooperativismo e interao com o grupo. Histria em cena visa trabalhar com

    conscientizao de preservao do meio ambiente, a criatividade, entrosamento e capacidade

    de criao e improvisao.

    Se o educando brinca, sonha, canta, inventa pode trabalhar arte cnica; pois o teatro para o

    educando compreende a extravaso dos sentidos mais urgentes e das fantasias mais gritantes.

    Teatro desinibe, eleva, cria, transforma. Teatro em forma de brincadeira, faz das horas

    passadas na escola, momentos alegres de refugio e extravaso. E paralelamente a esta relao

    intuitiva emocional, vo sendo trabalhadas, a coordenao motora fina e grossa, todo o

  • 3

    esquema corporal, gradativamente o equilbrio fsico e psicolgico, desinibio,

    autoconfiana, criatividade e liberao da agressividade e tenso.

    Sabemos que os PCNs se prestam a orientar o planejamento escolar e as aes de

    reorganizaes do currculo, destinando a formar os alunos em cidados dos novos tempos.

    Tendo como fonte os PCNs:

    Educao Ambiental, nos mostra que para os educadores adquirirem conscincia

    sobre as questes ambientais ser necessrio se envolverem em um aprendizado

    constante, desenvolvendo valores, atitudes e posturas ticas. Os educadores no devem

    esquecer de mostrar aos alunos as diferenas entre um ambiente em equilbrio e

    degradados. importante que eles percebam que constatar algum mal no motivo de

    desanimo, mas de mobilizao da escola e da comunidade para sua soluo. (pg. 25

    Revista Nova Escola/ Edio Especial)

    Arte: DANA, permite experimentar o prprio corpo e testar os seus limites,

    desenvolvendo a compreenso da sua capacidade de movimento. ... um bom momento

    para que os alunos exercitem toda a sua criatividade. (pg. 65 Revista Nova Escola/

    Edio especial).

    TEATRO, que vem orientar os educadores a incentivar o teatro, a dana e a msica na

    escola, confirmamos a importncia deste, pois, ...proporciona experincias que contribuem

    para o crescimento integrado da criana sob vrios aspectos. No plano individual,

    desenvolve a capacidade expressiva e artstica. No coletivo, exercita o senso de cooperao,

    o dilogo, o respeito mtuo, a reflexo, e torna as crianas mais flexveis para aceitar as

    diferenas. Os PCN, tambm, orientam os professores a incentivar essa atividade. Com a

    educao teatral, a garotada se relaciona, fala, ouve, observa e atua, ou seja, pratica

    liberdade e solidariedade enquanto se diverte. (pg. 66 Revista Nova Escola / Edio

    especial).

    Podemos perceber que as atividades de educao ambiental devem ser consideradas no

    mbito do aprimoramento de sua cidadania, levando a conscientizao, de direitos e deveres

    com relao ao ambiente, sendo um trabalho ldico, criativo e participativo, levando aos

    educandos construo de cidados participativos, mostrar que a reciclagem traz inmeros

    benefcios para a sociedade, reduzindo o volume do lixo enviando aos aterros sanitrios e

    ajudando a manter a cidade limpa, alm de promover economia de matria prima.

    Sabemos que a Educao Ambiental deve ser um processo contnuo, pois trabalha,

    principalmente em relao aos resduos slidos, a mudana de hbitos e comportamento do

    indivduo.

  • 4

    Acreditamos que para a nossa sobrevivncia dependemos da conscientizao de todos os seres

    humanos respeito da necessidade de descobrirmos a melhor maneira de VIVER, tanto

    individualmente quanto coletivamente, mas em harmonia com a NATUREZA. Assim,

    podemos perceber que um dos fatores que contribuiro para a busca de um MUNDO melhor

    a conscientizao ecolgica, ou seja, trabalhar harmoniosamente a Educao Ambiental.

    NOSSO OBJETIVO NA ESCOLA NO TER UM ALUNO-ATOR, UM ALUNO-

    PINTOR OU UM ALUNO-COMPOSITOR, MAS SIM DAR OPORTUNIDADES A

    CADA UM DE DESCOBRIR O MUNDO, A SI PRPRIO E A IMPORTNCIA DA

    ARTE NA VIDA HUMANA.

    (Olga Reverbel

    A parcela de cada um pode garantir

    qualidade de vida para todos os SERES VIVOS,

    desta e das futuras geraes

    Fernanda da Silveira Souza

  • 5

    BIBLIOGRAFIA

    ARTAUD, Antonin. O teatro e seu duplo. Ed. Max Limond, So Paulo, 1984.

    BERRDOS, Rolando. Planificao e planejamento ambiental no Brasil. Ane. BOAL, Augusto. 200 exerccios e jogos para ator e no-ator com vontade de dizer algo atravs do teatro. Civilizao Brasileira. Rio, 1980. BORGES, Giovanna Leal. Dinmicas de grupo: crescimento e integrao. 3 ed. Rio de janeiro: Vozes, 2003.

    BRANCO, Samuel Murgel. Fogo. Encarte da revista Isto , set. 1995

    CAMARGO, Luiz de Lima. 3 ed. O que lazer. So Paulo: Brasiliense, 1999.

    CAPRA, Fritjof. O ponto de mutao e a cincia, a sociedade e a cultura emergente. So Paulo: Cultrix, 1994.

    CAVALLARI, Vincius R; ZACHARIAS, Vany. Trabalhando com Recreao. 5 ed. So Paulo: cone, 2001.

    COLL, Csar. TEBEROSKY, Ana. Aprendendo Arte: Contedos essenciais

Recommended

View more >