proposta para teste de usabilidade para aplicaes mveis ... para teste de usabilidade para aplicaes...

Download Proposta para Teste de Usabilidade para Aplicaes Mveis ... para Teste de Usabilidade para Aplicaes ... Passaram-se 16 anos para a indstria de telefonia inteligente chegar a este marco

Post on 17-Feb-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • XII Workshop de Teses e Dissertaes em Qualidade de Software

    7

    Proposta para Teste de Usabilidade para Aplicaes

    Mveis no Contexto de Computao Ubqua

    Rodrigo dos Anjos Cruz Reis, Arilo Cludio Dias Neto

    Instituto de Computao (IComp) Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Av. General Rodrigo Octvio, 6.200, Campus Universitrio Senador Arthur Virglio

    Filho Setor Norte - Manaus - CEP 69.077-000 Manaus AM Brasil

    rodrigodosanjoscruz@gmail.com; arilo@icomp.ufam.edu.br

    Abstract. The applicability of mobile devices has considerably increased in

    recent years, allowing users to perform more tasks in a mobile context.

    Moreover, the technological advances in the mobile devices and communication

    networks fields have making possible the ubiquitous computing. Since different

    people profiles are using this platform, it is necessary to analyze the usability

    of the applications developed to these devices in some contexts, including

    computing ubiquity. This work proposes the definition of a usability

    testing technique for mobile applications with ubiquity features aiming at

    increasing the quality of this category of software.

    Resumo. A utilidade de dispositivos mveis tem aumentado consideravelmente

    nos ltimos anos, permitindo aos usurios executar mais tarefas em um contexto

    mvel. Alm disso, os avanos tecnolgicos nas reas de dispositivos mveis e

    redes de comunicao tem tornado possvel a computao ubqua. Visto que

    pessoas com perfis diferentes esto usando esta plataforma preciso ter

    ateno a usabilidade dos aplicativos desenvolvidos para esses dispositivos em

    alguns contextos, sendo um deles o de ubiquidade computacional. Este trabalho

    prope a definio de uma tcnica de teste de usabilidade para aplicativos

    mveis com caractersticas de ubiquidade visando aumentar a qualidade desta

    categoria de software.

    Palavras-Chave: Avaliao de Usabilidade, Aplicaes mveis, Teste,

    Ubiquidade, Qualidade de software.

    1. Introduo e Caracterizao do Problema

    O cenrio de aplicaes para dispositivos mveis (neste trabalho sero chamadas

    simplesmente de aplicativos mveis), desde a sua criao e at os dias atuais, vem

    evoluindo em tecnologia e se disseminando na populao. Segundo Harrison (2013), a variedade e a disponibilidade de aplicativos mveis esto se expandindo rapidamente. Os

    desenvolvedores esto aumentando os servios que so fornecidos devido ao aumento do

    poder de processamento disponvel nos dispositivos mveis. Aliado a este cenrio de

    evoluo na plataforma mvel, preciso ter ateno aos avanos tecnolgicos nas reas

    de dispositivos mveis e redes de comunicao que, segundo Spnola (2010), tornaram

    possvel a computao ubqua.

    Assim como qualquer outra categoria de software, os aplicativos mveis e ubquos

    requerem qualidade para atender aos requisitos propostos e, assim, satisfazer s

    necessidades de seus usurios finais. Nesta pesquisa, optou-se por medir a usabilidade,

    que um dos atributos de qualidade definidos pela norma ISO/IEC 25000 (2014).

  • WTDQS 2014

    8

    Com base nos resultados parciais de um mapeamento sistemtico que est sendo

    conduzido, percebeu-se a existncia de diversas tcnicas de teste de usabilidade para

    diversos tipos de aplicaes desenvolvidas para a plataforma mvel. Alguns testes so

    conduzidos levando-se em conta fatores de acordo com normativas para usabilidade de

    software listadas por Nielsen (1993), outros se concentram apenas em um subconjunto.

    No entanto, essas tcnicas no capturam adequadamente as complexidades de interao

    com aplicaes em uma plataforma mvel. Estas complexidades podem existir por causa

    das caratersticas diferenciadas existentes na plataforma como o pequeno tamanho da tela,

    conectividade e entradas limitadas, o que restringe as maneiras pelas quais os usurios

    podem interagir com eles e que, segundo Harrison (2013), possuem um efeito sobre a

    usabilidade de aplicaes mveis.

    Ainda baseado nos resultados do mapeamento sistemtico citado, percebeu-se que

    na literatura ainda no pode ser identificada uma tcnica de teste de usabilidade cujo foco

    seja atingir as caractersticas de ubiquidade descritas por Spnola (2010), existentes em

    aplicaes mveis. Essas caractersticas sero abordadas na seo seguinte. Portanto, o

    objetivo deste trabalho definir uma tcnica de teste de usabilidade com foco em

    aplicaes mveis com caractersticas de ubiquidade visando aumentar a qualidade

    destes.

    2. Fundamentao Terica

    2.1. Aplicaes Mveis

    Segundo Kirubakaran (2013), de acordo com as ltimas pesquisas do Wireless

    Smartphone Strategies (WSS), o nmero de smartphones em uso no mundo ultrapassou

    a marca de 1 bilho de unidades pela primeira vez no terceiro trimestre de 2012.

    Passaram-se 16 anos para a indstria de telefonia inteligente chegar a este marco histrico,

    mas o prximo bilho pode ser alcanado em menos de trs anos, ou seja, at 2015.

    As aplicaes mveis foram desenvolvidas inicialmente em sua maioria para o

    setor de entretenimento. Atualmente, j esto em domnios mais crticos, tais como varejo

    (ex: locao-inteligente de comrcio mvel), mdia (revistas e jornais 100% digitais),

    viagens (reservas de imveis, check-ins em viagens areas, mapas, ofertas, etc), educao

    (uso de tablets e aplicativos em salas de aula), sade (registros de consulta a pacientes,

    notas de mdicos, etc), finanas (aplicativos para negociao em tempo real, anlise de

    portflio, movimentao financeira) e sociais (jogos e plataformas de mdia social)

    (KIRUBAKARAN, 2013).

    No entanto, apesar do crescimento e insero das aplicaes mveis em nossa

    sociedade, elas possuem limitaes. Zhang e Adipat (2005) destacam uma srie de

    questes que foram introduzidas com o advento de dispositivos mveis e que precisam

    ser consideradas durante o desenvolvimento destas aplicaes: contexto celular,

    conectividade, pequeno tamanho da tela, resoluo diferente em displays, capacidade e

    poder de processamento limitados e mtodos de acesso de dados.

    2.2. Computao Ubqua

    Aliado ao cenrio apresentado na seo anterior de evoluo na plataforma mvel,

    preciso ter ateno aos avanos tecnolgicos nas reas de dispositivos mveis e redes de

    comunicao que, segundo Spnola (2010), tornaram possvel a computao ubqua. O

    termo computao ubqua pode ser entendido como alto grau de dispositivos embarcados

  • XII Workshop de Teses e Dissertaes em Qualidade de Software

    9

    da computao pervasiva juntamente com o alto grau de mobilidade da computao

    mvel, onde computao pervasiva diz que o computador est embarcado no ambiente de

    forma invisvel para o usurio (ARAUJO, 2010). O objetivo da computao ubqua

    tornar os servios computacionais embutidos no ambiente que nos cerca, de forma que

    seu uso seja no intrusivo para os usurios (WEISER, 1991)(ABOWD,1999).

    Spnola (2010) definiu caractersticas funcionais de ubiquidade que podem compor

    projetos de software: onipresena de servios, invisibilidade, sensibilidade ao contexto,

    comportamento adaptvel, captura de experincias, descoberta de servios, composio

    de funcionalidade, interoperabilidade espontnea, heterogeneidade de dispositivos e

    tolerncia a falhas. Em um projeto de software ubquo, estas caractersticas resultaro em

    requisitos funcionais e no-funcionais a serem atendidos.

    2.3. Teste de software

    Teste de Software uma das tcnicas de verificao e validao de software (V&V) e

    consiste em uma investigao experimental conduzida para prover informaes aos

    usurios e envolvidos no processo sobre a qualidade do software sob teste no contexto no

    qual este ser operado (KANER, 2006).

    As atividades de teste de software possuem um papel fundamental no

    desenvolvimento de um software como mecanismo de apoio garantia da qualidade do

    produto, pois corresponde ao ltimo recurso para avaliao do produto antes da sua

    entrega ao usurio final. Segundo Nielsen (1994), em teste de software deve-se avaliar

    diferentes nveis, atingindo no s como requisitos funcionais, mas como tambm

    requisitos no-funcionais. O foco deste trabalho est nos requisitos no-funcionais,

    especificamente teste de usabilidade

    2.4. Avaliao de Usabilidade em Aplicaes Mveis

    Assim como qualquer outra categoria de software, os aplicativos mveis e ubquos

    requerem qualidade para atender aos requisitos propostos e, assim, satisfazer s

    necessidades de seus usurios finais. A ISO/IEC 2500 (2014), composta por Requisitos,

    Modelo, Gerenciamento, Medies e Avaliao, divide os atributos do seu Modelo de

    Qualidade em: Funcionalidade, Confiabilidade, Usabilidade, Eficincia,

    Manutenibilidade e Portabilidade. Neste trabalho, o foco ser em caractersticas de

    Usabilidade.

    Na literatura tcnica, vrias definies de usabilidade podem ser encontradas. Por

    exemplo, Jakob Nielsen (1993) divide a usabilidade em cinco fatores: facilidade de

    aprendizagem, eficincia, facilidade de memorizao, erros e satisfao. A ISO-9241

    (2002), define usabilidade como "a extenso em que um produto pode ser usado por

    usurios especficos para alcanar objetivos especficos com efetividade, eficincia e

    satisfao em um contexto de uso especificado". Abran et al. (2007) apresentaram um

    modelo de usabilidade consolidado que define usabilidade como uma combinao de

    eficcia, eficincia, satisfao, capacidade de aprendizado, e segurana, juntame

Recommended

View more >