pontifcia universidade cat“lica de sƒo paulo puc andres...  pontifcia universidade...

Download PONTIFCIA UNIVERSIDADE CAT“LICA DE SƒO PAULO PUC Andres...  PONTIFCIA UNIVERSIDADE CAT“LICA

If you can't read please download the document

Post on 10-Nov-2018

222 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • PONTIFCIA UNIVERSIDADE CATLICA DE SO PAULO

    PUC - SP

    JUAN ANDRS HIDALGO LORA, CMF

    Pastoral da Juventude: Anlise atual da Acolhida e do Acompanhamento

    de Grupos de Jovens Catlicos na Repblica Dominicana

    MESTRADO EM TEOLOGIA PRTICA

    So Paulo

    2010

  • PONTIFCIA UNIVERSIDADE CATLICA DE SO

    PAULO PUC - SP

    JUAN ANDRS HIDALGO LORA, CMF

    Pastoral da Juventude: Anlise Atual da Acolhida e do

    Acompanhamento de Grupos de Jovens Catlicos na Repblica

    Dominicana

    MESTRADO EM TEOLOGIA PRTICA

    Dissertao apresentada Banca

    Examinadora da Pontifcia Universidade

    Catlica de So Paulo, como exigncia

    parcial para a obteno do ttulo de

    MESTRE em Teologia Prtica, sob a

    orientao do Cnego Doutor. Srgio

    Conrado.

    SO PAULO

    2010

  • BANCA EXAMINADORA

    -----------------------------

    -----------------------------

    -----------------------------

  • DEDICATRIA

    Aos jovens que destinam seu potencial transformador e assumem com

    valentia o protagonismo de sua histria pessoal e social na vida comunitria.

    A todos os homens e as mulheres que, com presteza e ousadia, apostam na

    vida dos jovens, comprometendo-se com uma pastoral de acolhida e

    acompanhamento que lhes proporcione reconhecimento e dignidade.

    s famlias e instituies, religiosas e civis, que no medem esforos no

    objetivo de redimensionar valores que qualifiquem a vida do ser humano e, em

    especial, da juventude.

  • AGRADECIMENTOS

    Ao Deus da vida que constantemente nos impulsiona a transcender para alm

    de ns e em direo ao outro; motiva a totalidade da vida pela sabedoria com que

    criou todas as coisas e nos d a capacidade de conhecer parte de seu mistrio

    escondido em cada ser humano.

    A meus pais, irmos e familiares que, em sua simplicidade, souberam educar-

    me, acolher-me, acompanhar-me e transmitir-me valores que se perpetuam na minha

    vida e misso.

    Aos grandes amigos padres, Lus Erlin Gomes Gordo, CMF, Demuel Tavares

    Rosa, CMF, e Agustin Guzmn, MSC, por tambm me ajudarem a experimentar a

    comunho e misso com a Juventude que se fez objeto de pesquisa neste trabalho.

    Aos Missionrios Filhos do Imaculado Corao de Maria (Claretianos) nas

    pessoas do Superior Provincial, Padre Oswair Chiosini, CMF, da Provncia do Brasil

    e do Superior Maior da Delegao Independente das Antilhas, Padre Hctor

    Cuadrado, CMF, por me terem recebido desde a juventude na Congregao, na qual

    cresci na experincia religiosa e que me ofereceram um ideal de vida, abraado por

    mim at hoje, como inspirador de meu caminho.

    s pessoas que me ajudaram diretamente: Padre Pedro Divino de Vilas Boas,

    CMF; Padre Lus Erlin, CMF; Padre Helmo Csar Faccioli, CMF; Adelino Dias

    Coelho; Diego Alex Sczcerpanik; Cristian de la Cruz e Andreina Hidalgo Lora, que

    com amor e pacincia colaboraram diretamente na elaborao desta dissertao.

    Ao meu orientador, Professor Cnego Doutor Srgio Conrado, por seu

    incentivo, paciente orientao e sabedoria da qual me enriqueci a cada encontro que

    tive.

    Aos seminaristas claretianos das Antilhas que voluntariamente participaram

    da pesquisa e contriburam com suas experincias de vida para meus estudos e

    reflexes sobre a complexidade da experincia religiosa e suas manifestaes atravs

    da acolhida aos jovens.

  • Aos colegas do grupo de Mestrado, que de modo especial enriqueceram esta

    minha caminhada com sua vida e amizade.

    A meus velhos amigos da Repblica Dominicana, Mxico, Porto Rico, Cuba,

    Guatemala e Haiti, por compreenderem as razes de minha ausncia.

    Aos amigos brasileiros, que me acolheram como a um membro da famlia.

    Aos funcionrios da Faculdade Nossa Senhora da Assuno que zelaram para

    nos proporcionar um ambiente agradvel e funcional.

    E ainda a muitas outras pessoas cujo nome no d para nomear aqui, mas

    pelas quais tenho grande admirao. A todos, meu muito obrigado!

  • RESUMO

    Esta dissertao inspirada na constatao do universal afastamento da

    juventude das igrejas catlicas. Novas estruturas e as incontestveis realidades do

    mundo ps-moderno, sobretudo multitecnolgico, exigem reviso de sua pastoral em

    relao ao mundo jovem, o abandono de estruturas arcaicas, em busca do novo

    evanglico. Para uma possvel soluo, preciso conhecer antes o mundo da juventude,

    com suas aspiraes, sonhos e dificuldades para atingir seu ideal de vida. O jovem por

    natureza rico em emoes, abertura, busca de companheirismo. Ora aqui cabe a misso

    das religies em geral que podem levar os jovens a descobrirem a senda luminosa do

    esprito. Com base em especialistas no estudo dessa crise e em pesquisa, especialmente

    montada para este fim, realizada numa parquia da Repblica Dominicana, como

    amostragem, so propostos a acolhida fraterna e o posterior acompanhamento dos

    jovens como possvel soluo desse impasse. Seus elementos constitutivos, o

    aprofundamento de sua psicologia agregacional podem ajudar os jovens a refletirem

    sobre sua dignidade de filhos de Deus.

    PALAVRAS CHAVES. Juventude: grupos da Repblica Dominicana, Pastoral da

    Juventude, acolhida e acompanhamento.

  • ABSTRACT

    S

    This dissertation is based on the worldwide evident withdrawal of the youths

    from the catholic churches. The new structures and the unquestionable realities of the

    post-modern world, mainly the multitechnological world, demand a review of their

    pastoral regarding the youths, forsaking archaic structures while searching for the new

    evangelical. First we need to know the world of the youths, their aspirations, dreams

    and difficulties to reach their goals in life. The youths are innately full of emotions,

    open-minded and long for comradeship. Here is where religions in general have the

    mission to make them discover the shining path of the soul. Based on experts who have

    studied this crisis and supported by researches carried out in a parish of the Dominican

    Republic as a sample, we propose a brotherly welcome and a subsequent follow-up

    programme for the youths as a possible solution for this impasse. The awareness of their

    constituting elements and the deep study of their aggregative psychology can help the

    youths to ponder upon their dignity as sons of God.

    Key words

    Youth: groups of the Dominican Republic Youth pastoral Welcome

    Comradeship.

  • SUMRIO

    Introduo......................................................................................................................14

    CAPTULO I

    PERFIL DA JUVENTUDE

    1. Conceitos.....................................................................................................................16

    1.1. Definindo termos......................................................................................................16

    1.1.1. Viso biocronolgica.................................................................................17

    1.1.2. Viso psicolgica.......................................................................................17

    1.1.3. Viso sociolgica.......................................................................................18

    1.1.4. Viso cultural simblica............................................................................19

    2. Aspectos Especficos ..................................................................................................20

    3. Contexto Socioeconmico..........................................................................................23

    3.1. Desemprego generalizado.........................................................................................23

    3.2. Imigrao..................................................................................................................25

    3.3. Distncia entre ricos e pobres...................................................................................26

    3.4. Violncia...................................................................................................................27

    3.5. Trfico de drogas......................................................................................................30

    3.6. Falta de escolaridade................................................................................................31

    4. Papel Da Igreja...........................................................................................................33

    4.1. Escolas e Universidades Catlicas...........................................................................34

    4.2. Ao Catlica...........................................................................................................34

    4.3. Os Movimentos da Ao Catlica Especializada.....................................................35

    4.4. Os Movimentos de Encontros...................................................................................35

    4.5. Os Movimentos Internacionais.................................................................................36

    4.6. O Conselho Episcopal Latino Americano e a Pastoral da Juventude....................36

    4.7. A Pastoral da Juventude Orgnica............................................................................36

    5. Novos Sinais..................................................

Recommended

View more >