teleconferencia 4 t12

Download Teleconferencia 4 t12

Post on 09-Jun-2015

128 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Resultados 4T 2012 e 201227 de fevereiro de 2013

2. AGENDADESTAQUESRESULTADOSPERSPECTIVASProvidncia USA 3. DESTAQUES 4T12 & 2012 A inaugurao, em junho, da 2 Linha de Produo em Pouso Alegre Minas Gerais, que expandiu em 20% a capacidade total da Companhia; A consolidao dos investimentos levou a EBITDA Ajustado recorde, de R$ 127,0 milhes no ano, 24,4% superior a 2011, e R$ 33,8 milhes no 4T12, 16,3% superior ao mesmo perodo de 2011; O Lucro Lquido, tambm recorde no ano, totalizou R$ 45,1 milhes, e no trimestre R$ 11,3 milhes, crescimento de 53,0% e de 143,8% respectivamente; A gerao de Caixa Operacional atingiu R$ 161,2 milhes em 2012, um acrscimo de 127,5% se comparada ao ano anterior; A Companhia prope, a ser deliberado em AGO, a distribuio de R$ 53,1 milhes, que correspondem a 100% da base de clculo dos dividendos ajustada do ano. Desse montante, R$ 19,3 milhes, foram pagos em novembro/2012, e R$ 33,8 milhes, se aprovados, sero pagos em 2013. 4. AGENDADESTAQUESRESULTADOSPERSPECTIVAS 5. VOLUME DE VENDAS (em milhares de toneladas) Atingimos o Volume vendido de , em virtude principalmente da entrada em operao, 98,7em junho de 2012, de nossa segunda planta em Pouso 87,8Alegre (MG).8,67,526,1 22,9 2,320,64T1124,92,52,123,622,83T124T1290,1 80,32011NotecidosOutros2012 6. RECEITA LQUIDA (em milhes de Reais) A Receita Lquida alcanou R$ 152,8 milhes no 4T12, apresentando um acrscimo de 7,6% quando comparado com o 4T11. No ano a Receita lquida atingiu R$ 608,6 620,0 milhes, 15,6% mais que em 2011, em funo do aumento 600,0no volume de vendas e realinhamento de preos.142,04T11166,7152,83T124T12580,0 560,0 540,0 520,0 500,0 480,0 460,0 440,0 420,0 400,0 380,0 360,0 340,0 320,0 300,0 280,0 260,0 240,0 220,0 200,0 180,0 160,0 140,0 120,0 100,0 80,0 60,0 40,0 20,0 -608,6 526,6201120126 7. CPV (Custos dos Produtos Vendidos) (em milhes de Reais) O CPV unitrio no 4T12, mostrou-se estvel em relao ao 4T11, pequena variao de 0,95%. Em 2012 o montante foi de R$4,29460,0R$ 423,1 milhes, um incremento de 15,8% em relao440,0 a 420,02011, ligado ao maior Volume de Vendas, uma vez que o CPV 380,0 400,0R$4,16360,0unitrio apresentou incremento de apenas 3,1%.340,0 320,0R$4,19R$4,39R$4,23R$5,00 300,0 280,0 260,0 240,0 220,0423,1200,0 180,0365,2160,0 140,0 120,095,8114,3100,0105,480,0 60,0 40,0 20,0 R$-4T113T124T12-201120127 8. EBITDA (em milhes de Reais) e MARGEM EBITDA (%) O EBITDA alcanou o recorde de R$ 127,0 milhes no 140,0ano, 24,4% superior a 2011, e R$ 33,8 milhes no 4T12,19,4%20,9%80,0tambm recorde para quarto trimestre.120,022,1% 100,021,7%60,080,040,020,5%127,060,0102,1 40,020,029,136,133,820,0--4T113T124T12Ebitda02011 Margem Ebitda (%)2012 9. 25,0LUCRO LQUIDO (em milhes de Reais) E MARGEM LQUIDA (%) O Lucro Lquido no ano totalizou R$ 45,1 milhes, crescimento de em relao a 2011. No 4T12 atingiu R$ 11,3 milhes,7,4%143,8% superior ao 4T11. 40,05,6% 11,4%045,17,4% 20,029,5 3,2%18,9 11,34,6 0,0%-4T113T124T12 Lucro Lquido0,0%2011 Margem Lquida (%)20129 10. DVIDA LQUIDA (em milhes de Reais) A Dvida Lquida mostrou-se estvel em relao ao 3T12, e apresentou acrscimo de R$ 110,8 milhes em relao ao 4T11, em funo da captao para financiamento dos projetos de novas mquinas no Brasil e nos EUA;450,0451,6A Dvida em moeda estrangeira foi tomada principalmente nos EUA, com hedge natural em funo da receita e ativos neste pas.340,8Moeda Estrangeira4T113T124T1270%30% Moeda Local 11. ENDIVIDAMENTO/CAIXA (em milhes de Reais) Dvida Lquida Consolidada R$ (MM)31/12/201130/09/201231/12/2012Var. 4T12 / 4T11Dvida Total Financiamento Curto Prazo73,6127,0112,452,7%Financiamento Longo Prazo348,4428,5423,321,5%Total422,0555,5535,726,9%Caixa81,2105,584,13,7%Dvida Lquida340,8450,0451,632,5%Patrimnio Lquido689,3697,8690,00,1%Dvida Lquida/EBITDA3,33,73,67,8%Dvida Lquida/EBITDA Sem o Endividamento das Linhas Pr Operacionais2,92,32,2-22,2% 11 12. 25,0DIVIDENDOS (em milhes de Reais) A Administrao est propondo, para ser deliberado em AGO, a distribuio de 100% da base de clculo dos dividendos ajustada do ano, totalizando o montante de R$ 53,1 milhes. Desse total, R$ 19,3 milhes foram pagos em novembro/2012. R$ 0,660R$ 0,49 R$ 0,41R$ 0,500A base de clculo de R$ 53,1 milhes R$ 0,30053,1039,5 32,90Lquido do exerccio de 2012 (-) Reserva legal (5%) (+) Realizao Custo Atribudo 2012: R$ (0,10) Base de Clculo dos DividendosR$ 45.1 milhes R$ 2.2 milhes R$ 10.2 milhes R$ 53.1 milhesR$ (0,30)00R$ Lucro 0,10corresponde a:20102011Dividendos (R$ MM)2012** Dividendo/Ao** Estes proventos sero ratificados na AGO em 01.04.2013R$ (0,50)12 13. 25,0INDICADORES DE MERCADO Fechamento de Mercado 2012 R$ 8,95 R$9 R$8 R$7 R$ 6,17 R$6 R$5 JanMarMaiJulSetNov 1,40Dividend Yield*1,20Cotao / Valor Patrimonial por Ao1,008,06%7,37%0,80 0,605,54%0,401,04 0,720,794T113T120,20 -201020112012* Dividendo anual/ cotao no final do perodo.4T12 13 14. AGENDADESTAQUESRESULTADOSPERSPECTIVASProvidncia USA 15. PERSPECTIVAS A meta de que a 2 linha de produo em Statesville (NC) nos Estados Unidos 13 da Companhia, atinja a plena capacidade no segundo semestre de 2013, com consequente aumento do volume de vendas. Essa unidade acrescenta 20 mil toneladas por ano, e dobra acapacidade de produo da Companhia naquele pas; A Companhia Providncia conta, em 2013, com uma capacidade instalada de 140 mil toneladas/ano, reafirmando-se como um dos maiores e mais modernos players da indstria denotecidos mundial.15 16. EXPANSO KAMI 13: Evoluo do projeto de expanso conforme o cronograma, dobra a capacidade de produo nos EUA. So Jos dos Pinhais PR Capacidade: 20 mil ton/ano Inaugurao: 1 trimestre de 2013NCKAMI12: 2 fbrica em Pouso Alegre/MG Capacidade: 20 mil ton/ano Inaugurada em junho/2012..MG65758082200820092010100120140PR2007201120122013Em milhares de toneladas 17. CEO: Hermnio V. S. de Freitas CFO: Eduardo Feldmann Costa RI : Gabriela Las Casas Beatriz Tokarski Tel: +55 (41) 3381-8673 Fax: +55 (41) 3283-5909 So Jos dos Pinhais PR www.providencia.com.br/ri www.twitter.com/providencia_riAs palavras acredita, antecipa, espera, estima, ir, planeja, pode, poder, pretende, prev, projeta, entre outras palavras com significado semelhante, tm por objetivo identificar estimativas e projees. Estimativas e projees futuras envolvem incertezas, riscos e premissas, pois incluem informaes relativas aos nossos resultados operacionais futuros possveis ou presumidos, estratgia de negcios, planos de financiamento, posio competitiva no mercado, ambiente setorial, oportunidades de crescimento potenciais, efeitos de regulamentao futura e efeitos da competio. Devido aos riscos e incertezas descritos acima, os eventos estimados e futuros discutidos nesta apresentao podem no ocorrer e no so garantia de acontecimento futuro. A Providncia no se obriga a atualizar essa apresentao mediante novas informaes e/ou acontecimentos futuros.17